Nuvem como commodity e UX são as tendências para 2016

Estudo da CompTIA aponta os fatores que irão moldar a indústria de TI, canais de vendas e força de trabaho nos próximos meses.

São Paulo, 03 de fevereiro de 2016. A computação em nuvem vai se tornar quase tão comum como acender as luzes; fornecedores de tecnologia e seus parceiros irão lutar pela margem nas vendas; e as empresas vão buscar melhores experiências para o usuário final em 2016, é o que aponta pesquisa da CompTIA, a associação da indústria de tecnologia da informação (TI), sem fins lucrativos.

Cada mês de janeiro a CompTIA produz seu estudo anual IT Industry Outlook, examinando as principais tendências e fatores de crescimento que irão moldar a indústria de TI, canais de vendas e força de trabalho para os próximos 12 meses.

Segundo o relatório, a indústria global de TI deverá acrescentar cerca de US $ 100 bilhões em novas receitas em 2016, elevando o total dos US $ 3,7 trilhões para US $ 3,8 trilhões. Bater este número vai envolver uma mistura de categorias de produtos fundamentais, como computadores ou servidores pessoais, suplementadas com categorias emergentes adicionando novos fluxos de receita. Executivos do setor de TI estão mais otimistas sobre aplicações e infraestrutura em nuvem, segurança, mobilidade e análise de dados. A forte demanda do usuário por expertise em integração, otimização e gerenciamento da tecnologia deve ajudar a impulsionar o crescimento dos serviços de TI para um nível mais elevado do que a média.

As expectativas mais altas são para Cloud Computing. Este sentimento é corroborado por outras pesquisas da CompTIA com usuários finais e parceiros de canal. A demanda dos clientes para componentes cloud IaaS e SaaS irá acelerar à medida que prosseguem as estratégias de negócios digitais. Do lado da oferta, os fornecedores de soluções e outros tipos de parceiros de canal continuarão a expandir suas ofertas de nuvem, juntamente com a especialização em áreas de serviços, tais como integração, APIs, e personalização.

Outro produto bem posicionado e com potencial de crescimento é a categoria do guarda-chuva de segurança. Esta categoria não é mais restrita no sentido tradicional de firewalls ou antivírus, mas sim, a um amplo conjunto de ferramentas e salvaguardas destinadas a combater o, sempre, universo em expansão de ameaças à segurança. Para 43% dos executivos de TI existe potencial para a categoria de segurança ultrapassar as expectativas de crescimento.

Para 2016, a previsão da indústria aponta, também, o crescimento de 4,7% dos projetos no mercado norte-americano. Os executivos da indústria acreditam que esse crescimento  será nas categorias de hardware, software, serviços e telecomunicações, suplementado com novos fluxos de receitas a partir de categorias emergentes.

“Empresas de todos os portes reconhecem mais e mais a necessidade de refazer seus workflows e práticas de engajamento de clientes de olho na transformação digital”, disse Tim Herbert, vice-presidente sênior de pesquisa e inteligência de mercado da CompTIA. Se os investimentos nessas tecnologias acelerarem e a economia se mantiver estável, o crescimento inclinará para o lado positive da previsão.

Principais Tendências para 2016

No relatório  IT Industry Outlook 2016 a CompTIA identifica 12 tendências que são as que mais irão influenciar a indústria de TI, o canal de vendas e mão de obra no ano a frente.

  •      Ir além da interface do usuário: a experiência do usuário dirige as iniciativas tecnológicas;
  •       Políticas tech têm uma cadeira na mesa de assuntos da eleição presidencial dos EUA;
  •       Negócios digitais abrangem mais do que o departamento de TI;
  •       Esforço das organizações em desenvolver mais talentos tecnológicos in-house;

Tendências Tecnológicas

  •       Cloud é a “nova eletricidade” e vira commodity;
  •       Companhias vão para ofensiva em relação a segurança;
  •      A procura por Analytics esquenta novamente;
  •      A camada de software recebe mais atenção;

Tendências para o Canal de TI

  •      Esforço para que os programas de parceria de vendas ganhem velocidade;
  •      Quem é o fornecedor, afinal?
  •      Pulo no crescimento dos Data Centers;
  •      Mais proximidade com o cliente.

“Cloud computing, mobilidade, social, automação da força de trabalho, big data,  IoT  e outros disruptivos continuarão a expandir em 2016”, disse Herbert. “Muitas organizações irão passar do experimental para as primeiras implantações, com mais uso dessas tecnologias, já que elas buscam capturar os benefícios de se tornarem negócios digitais”

O relatório IT Industry Outlook 2016 é baseado em pesquisa realizada em dezembro de 2015, com 673 empresas da indústria de TI localizadas nos EUA, Reino Unido e Canadá.

O relatório completo, com 43 páginas, está disponível sem custos, com um simples registro. Para fazer download do relatório visite https://www.comptia.org/resources/it-industry-outlook-2016-final?cid=download.

 

Sobre a CompTIA

A Computing Technology Industry Association (CompTIA), é uma associação sem fins lucrativos que atua como a voz da indústria de tecnologia da informação. Com cerca de 2.000 empresas associadas, 6.700 usuários registrados, 3.000 parceiros acadêmicos e de treinamento e mais de dois milhões de certificações de TI emitidas, a CompTIA é dedicada ao avanço e crescimento da indústria por meio de programas de ensino, pesquisa de mercado, eventos, certificações profissionais e defesa de políticas públicas.  Para conhecer mais, visite CompTIA online, Facebook, LinkedIn and Twitter.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: