Vale a pena especializar-se em manutenção de Notebooks

notebookTenho publicado bastante coisa aqui no blog destinada a técnicos de informática e consultores de TI. Hoje, vou falar sobre Mauntenção de Notebooks que sem duvida é um tema bastante pertinente e atual.

Muitos me perguntam se vale a pena trabalhar com manutenção de Notebooks. Eu sempre respondo que sim, vale. Mas porque?

Simples, nunca se vendeu tanto notebook no Brasil e no mundo. Ok, as assistências técnicas correspondentes vão suprir a necessidade de suporte enquanto estiverem na garantia, mas e depois? Já existe uma grande procura por mão de obra especializada em manutenção de Notebooks em todos os mercados, desde o doméstico, pequenas e médias empresas. Grande empresas tem contrato com os fabricantes ou contratos diferenciados, como leasing, por exemplo, onde se o equipamento apresentar algum defeito é trocado por outro pelo fabricante.

Empresas de suporte, venda e locação de notebooks também precisam de técnicos que saibam trabalhar com manutenção de notebooks. As pesquisas mostram o declínio ano a ano na venda de Computadores de Mesa, os tradicionais PCs, que ano passado despencou 12%, e a venda de portáteis (notebooks, laptops e netbooks) aumentou 7%. Sem duvida uma grande oportunidade de negócio e sem duvida a capacitação neste atividade pode te render mais clientes e aumentar seu portfolio de soluções. Sem falar nos Tablets, que segundo a Consultoria IDC, sua venda aumentou 171% em 2012 aqui no Brasil, totalizando 3,1 milhões de unidades. Outra grande oportunidade de negócio.

Mas como iniciar na atividade de manutenção de notebooks?

Tendo uma boa base se hardware fica mais fácil, pois apesar das técnicas de manutenção serem diferentes, até mesmo pelas peças serem miniaturas perante as de PCs, muitos componentes são equivalentes aos de computadores de mesa. Seria interessante fazer um curso especializado em manutenção de notebooks, procure um na sua cidade e busque recomendações anteriormente de pessoas que já fizeram, até mesmo para saber se o instrutor é bom e o material de qualidade.

Eu recomendo também a leitura do excelente Livro Manutenção de Notebooks do Eng. Arilson Bastos.

Caso você não tenha conhecimentos bons de hardware, antes de fazer um curso especializado e ler o livro sobre manutenção de notebooks, seria melhor ler um bom livro de hardware como os escritos pelo Laércio Vasconcelos, Gabriel Torres ou Carlos Morimoto, além de trabalhar um tempo na área de manutenção de PCs para obter uma boa experiência no manejo e na atividade de técnico de informática. No Youtube é possível encontrar também uma série de videos referentes ao tema.

Outra recomendação seria evitar fazer testes e aplicar os conhecimentos que você está adquirindo no seu notebook de trabalho. O técnico deve ter seu notebook disponível para a realização das suas atividades. Procure comprar notebooks velhos ou defeituosos para este fim. Assim você poderá testar à vontade. Compre também ferramentas adequadas, de precisão, fáceis de encontrar. Assim que você estiver preparado, divulgue essa nova atividade que você realiza incluindo em seu catálogo de serviços.

Não existe tanto material especializado em manutenção de tablets, porém alguns centros de treinamento já oferecem cursos referentes.

Boa sorte!

E-Book gratuito da Altaro sobre como montar um Cluster Hyper-V com menos de 2000 dólares

Atenção amigos Técnicos e Consultores de TI, mais uma dica de e-book gratuito.

“Building a Hyper-V Cluster for Under $2000” disponibilizado pela Altaro, demonstra na prática e de forma bem intuitiva, com fotos e bastante passo a passo, o processo para a montagem de um Cluster Hyper-V com menos de 2000 dólares. Vale a pena a leitura!

altarohyperv

Revista Espírito Livre n.43 lançada

Fui informado pelo João Fernando, Editor da Revista Espírito Livre que a Edição n.43 já está disponível. Excelente notícia!

Segue abaixo a capa e texto de lançamento.

REL043_Capa

Muito se fala do uso do software livre, do opensource e dos padrões abertos em ambientes educacionais e na academia. Muitos casos de sucesso são relatados aos quatro cantos. Até parece fácil implementar uma política de uso de software livre nestes espaços. Mas não é bem assim. E é por esta razão que a edição especial sobre o tema Educação foi lançada. Ao longo de nossos vários anos de caminhada percebemos que ainda existe muito a ser feito. Vários alunos sequer sabem o que é software livre e para que serve. Muitos confundem e associam o acesso ao código fonte com insegurança ou ainda o fato do termo “livre” representar algo como gratuidade. Alguns acham que o fato do software livre ser quase sempre acessado de forma gratuita e construído em grande parte por comunidades e voluntários o torna inferior ou pior que soluções proprietárias.

Várias matérias vêm apresentar exatamente o contrário do que muitos pensam ou acham sobre o uso do software livre na educação. Existem desafios sim. Existem dificuldades. Muitos não entendem ou não querem entender. Alguns poucos guerreiros “compram briga”, “vestem a camisa” e erguem a bandeira do software livre nestes espaços de ensino e aprendizagem. Pode ser que para certas pessoas tal situação se assemelhe aos tempos de rebeldia e revoltas estudantis, mas aqui falamos de algo ainda mais complexo. Vivemos em um tempo de lobbies, subornos e pagamento de propinas por parte de grandes empresas para que seus produtos sejam “aceitos mais facilmente” por governos e órgãos. Vivemos em tempos polêmicos que a cada dia percebemos o quão importante é plantarmos uma sementinha de esperança na mente de crianças e jovens para que usufruam de um futuro melhor e livre. Vivemos em um tempo de mudança. Aproveite e faça a sua parte também nesse processo.

Façam o download aqui

Exportando lista de usuários pertencentes a um grupo do AD

Dica rápida.

Situação: Para fins de auditoria, você precisa gerar uma lista dos usuários pertencentes a um determinado grupo do Active Directory?

Simples, execute a partir de um Domain Controller o seguinte comando:

dsget group “CN=Administrators,CN=Builtin,DC=dominio,DC=com,DC=br” -members

Obs: Troque dominio.com.br pelo nome do domínio que você administra.

Se preferir jogar diretamente para um arquivo txt, usando como exemplo o dominio inventit.com.br:

dsget group “CN=Administrators,CN=Builtin,DC=inventit,DC=com,DC=br” -members > Usuarios.txt

Até a próxima!

 

Hoje! MVP Virtual Conference

Ola pessoal,

Hoje começa o MVP Virtual Conference, evento 100% Online e Gratuito que ocorrerá até o próximo dia 28/03 e contará com diversas trilhas de conteudo tanto profissionais de Infra quanto desenvolvimento. A partir das 13:00 estarei aplicando junto ao amigo Rover Marinho a sessão “Consumerização de TI” onde falaremos sobre a nova realidade dentro das empresas, BYOD e o novo perfil do profissional de TI, seus desafios e preparação. Esperamos por vocês e prestigiem todo o evento.

mvpvc

 

Podcast 13 sobre o Evento Flisol 2013. Convidado: Carlos Eduardo (Cadunico)

podcast13final

Neste podcast conversei com o Carlos Eduardo, mais conhecido como cadunico (@cadunico), que é um dos organizadores do evento Flisol 2013 que vai ocorrer no dia 27 de Abril em diversas cidades do Brasil, inclusive no Rio de Janeiro. Vejam aqui a lista de cidades participantes.

Batemos um papo a respeito do evento, sua logítica e funcionamento. Além disso, o cadunico falou em primeira mão a respeito de alguns dos palestrantes já confirmados. Ficou bem legal! Não deixem de ouvir o podcast.

Download Podcast 13

Estou apoiando o evento e estarei lá prestigiando e ajudando no que for necessário.

Abaixo segue o texto de divulgação do Flisol-RJ.

banner internet

Este ano a edição carioca do FLISOL acontecerá no CEFET/RJ – Campus Maracanã no dia 27/04 das 09:00h às 18:00h. Traga seu computador para instalação gratuita de Linux e vários outros Software Livres. Aproveite para também assistir as palestra e light talks que acontecerão durante todo o dia. 

Para quem não conhece o Festival Latino-americano de Instalação de Software Livre (FLISoL) é o maior evento da América-latina de divulgação de Software Livre. Ele é realizado desde o ano de 2005, e desde 2008 sua realização acontece no 4o. sábado de abril de cada ano. 

Seu principal objetivo é promover o uso de Software Livre, mostrando ao público em geral sua filosofia, abrangência, avanços e desenvolvimento. 

FLISOL/RJ

Data: 27/04/2013

Horario: 09:00h às 18:00h

Local: CEFE/RJ – Campus Maracanã, Av. Maracanã, 229 Maracanã – Google Maps (https://maps.google.com.br/maps?ie=UTF-8&q=Av.+Maracan%C3%A3,+229Maracan%C3%A3&fb=1&gl=br&hq=Av.+Maracan%C3%A3,+229Maracan%C3%A3&hnear=0x997efe4224b50b:0xf988253c846c59ee,Rio+de+Janeiro+-+RJ&ei=j0BCUaemO4mayQHeqoDYAg&ved=0CJUBELYD&iwloc=cids:8964665666329394307,17911020823359106450)

ENTRADA FRANCA

Maiores detalhes – http://flisol.net/FLISOL2013/Brasil/RiodeJaneiro

MVP Virtual Conference 26 a 28/03 – Estarei aplicando palestra sobre Consumerização

mvpvirtual

Não deixem de prestigiar o MVP VIrtual Conference que irá ocorrer de forma totalmente online na semana que vem. Estareiaplicando a sessão abaixo sobre Consumerização de TI junto com meu amigo Rover Marinho no dia 26 a partir das 13:00. Os links para inscrição nas trilhas estão listados abaixo.

13:00-14:15 Consumerização de TI Sessão sobre Consumerização de TI e seu impacto nas empresas. Nessa sessão, falaremos sobre Consumerização de TI, BYOD e como enfrentar o desafio de manter um ambiente como esse. Rover Marinho (MVP) / Paulo Sant’anna (MTAC
A comunidade de Microsoft Most Valuable Professionals (MVP) convida você para participar do MVP Virtual Conference dias 26, 27 e 28 de Março de forma 100% online.
Aproveite essa oportunidade de entender e tirar suas dúvidas sobre como as tecnologias e produtos Microsoft podem te ajudar a solucionar problemas e/ou otimizar tarefas do seu dia a dia. Aprenda diretamente com MVPs, profissionais reconhecidos pela Microsoft, independentes e especialistas, além de convidados especiais da comunidade técnica brasileira e da Microsoft, como os arquitetos do Microsoft Technology Center (MTC).
Objetivo
Apresentar online capacidades e funcionalidades de produtos e tecnologias Microsoft dentro de um contexto baseado em cenários do mundo real.
Formato
O evento conta com nove diferentes trilhas, abordando tópicos relevantes a cenários do dia a dia para as empresas, profissionais de TI e desenvolvedores. Durante cada dia de evento, três trilhas serão apresentadas por completa de forma online no formato de um webcast. Cada trilha comtemplará apresentações sobre tecnologias e produtos Microsoft dentro de um especifico cenário, finalizando com uma rica sessão estilo roundtable com todos os palestrantes da trilha.
Horário das palestras: Das 08:45 às 17:00hrs com intervalo para almoço das 11:30 às 13:00hrs.
Inscrição
As inscrições são abertas a todos os interessados. Escolha o(s) tópico(s) que mais lhe interessam, clique no respectivo link para realizar a inscrição e receber uma confirmação via e-mail para adicionar ao seu calendário. Fique à vontade em convidar outras pessoas. Clique no assunto de seu interesse abaixo para realizar a inscrição. Clique aqui para ver a lista de palestras que você irá encontrar em cada um dos nove assuntos principais.
 Dia 26 de Março / terça-feira
Consumerização de TI
Responsável: Alexandro Prado – MVP
Palestrantes: Jorge Barata (MVP), Paulo Sant´anna (MTAC), Marcondes Alexandre (MVP), Igor Humberto (MTAC), Rover Marinho (MVP)
Exemplo de cenário: Para você profissional da área, entender Consumerização de TI e as tecnologias que viabilizam isso passam a ser essenciais para você alcançar e ser bem sucedido na sua empresa e acompanhar essa tendência do mercado de TI. Acompanhe esse tema e aprenda como aplicar as tecnologias Microsoft no mundo real.

Inscreva-se
agora

Segurança
Responsável: Rodrigo Immaginario – MVP
Palestrantes: Rodrigo Immaginario (MVP), Alberto Oliveira (MVP), Luciano Lima (MVP), Marcos Tupinanbá (MVP)
Exemplo de cenário abordado: Uma empresa de consultoria, que possui diversos colaboradores trabalhando de forma remota, recentemente identificou diversas falhas de segurança em sua rede local e na proteção dos seus projetos confidenciais. Para melhorar a segurança do seu ambiente será adotado o conceito de “defesa em profundidade” mas o projeto deverá ser implementado com o mínimo de investimento e em curto espaço de tempo. Veja como as tecnologias já disponíveis nos sistemas operacionais da Microsoft (Server e Client) pode ajudar.

Inscreva-se
agora

Gerenciamento de Projetos e Equipes de Desenvolvimento
Responsáveis: André Dias – MVP / Carlos dos Santos – MVP
Palestrantes: Carlos dos Santos (MVP), Ramon Durães (MVP), Marcelo Azuma (MVP), Cláudio Leite (ALM Ranger), André Dias (MVP), Igor Abade (MVP), Adriano Bertucci (MVP), Marcio Sete (MVP)
Exemplo de cenário abordado: Uma empresa de médio porte está em franco crescimento, aproveitando oportunidades do mercado. Suas aplicações estão se tornando mais complexas e o time de desenvolvedores está crescendo. Nos últimos anos, a empresa tem sofrido com uma demanda crescente por suporte, devido constantes falhas no software em produção. A qualidade do software gerado pelos times é sofrível e essa percepção tem crescido no mercado. A empresa espera continuar crescendo, mas precisa corrigir e evitar novos problemas com a gestão de seu processo de desenvolvimento de software. Recentemente, a empresa ouviu falar sobre as novas tendências no desenvolvimento ágil e os benefícios da abordagem para Modern Apps.

Inscreva-se
agora

 Dia 27 de Março / quarta-feira
Interoperabilidade no Desenvolvimento e Infraestrutura
Responsáveis: André Ruschel – MVP / Rogério de Carvalho – MVP
Palestrantes: André Ruschel (MVP), Rogério Moraes de Carvalho (MVP), Rogério Cordeiro (Microsoft)
Exemplo de cenário: Uma empresa ampliou seu ambiente de TI recentemente, após a aquisição de duas novas empresas do mercado. Os ambientes de TI das 3 unidades são heterogêneos, contemplando diferentes cenários para monitoração, segurança, bancos de dados, desenvolvimento de aplicações e integração de processos. Mesmo antes da consolidação de todas as unidades, a empresa enfrenta uma demanda crescente por aplicações consumindo informações das 3 unidades de negócio, que rodam em plataformas heterogêneas. As equipes de desenvolvimento e infraestrutura precisam decidir quais são as tecnologias e abordagens para esse cenário de interoperabilidade interna na empresa.

Inscreva-se
agora

Arquitetura e Gerenciamento de TI
Responsável: Marcelo Sincic – MVP
Palestrantes: Marcelo Sincic (MVP), Hélio Panissa (MVP), Waldemir Cambiucci (Microsoft), Daniel Donda (MVP)
Exemplo de cenário: Uma empresa possui um datacenter de 3ª geração, baseado em servidores blades adotados de diferentes fornecedores. Ao longo dos anos, a empresa tem usado fortemente o modelo de virtualização, mas tem enfrentado desafios no gerenciamento de sua TI. Constantemente, VM’s são perdidas, o processo de suporte e provisionamento é lento e não existe um portal de autoatendimento para os clientes de TI, o que exige horas de atendimento telefônico e atrasos constantes nas requisições. A empresa adota alguns processos de ITIL v3, mas não possui uma ferramenta unificada de gestão de processos ITIL.

Inscreva-se
agora

Desenvolvimento de Software e Aplicativos
Responsáveis: Renato Haddad – MVP / André Carlucci – MVP
Palestrantes: Renato Haddad (MVP), Victor Cavalcante (MVP), André Carlucci (MVP), Rodolpho Marques (MVP)
Exemplo de cenário: Uma empresa da área anúncios desenvolve aplicações para seus mais de 10 mil clientes e está em franco crescimento. O perfil de seus clientes está na classe média, consumindo cada vez mais dispositivos móveis, mas também acessando informações da empresa através de desktops em casa, no trabalho ou através de sites na Web. Como desenvolver novas aplicações atendendo a todos esses requisitos?

Inscreva-se
agora

 Dia 28 de Março / quinta-feira
Produtividade, colaboração e comunicação unificada
Responsável: João Benito Savastano – MVP
Palestrantes: João Benito (MVP), Fernando Andreazi (MVP), Sara Barbosa (MVP), Fernanda Saraiva (MVP), Andrea Morais (Microsoft), João Paulo Sevegnani (Microsoft)
Exemplo de cenário: Uma empresa da área de vendas possui um número grande de vendedores em campo. A maioria de sua força de venda possui pouco tempo para retornar ao escritório ou sincronizar seus dados, acessando as informações da empresa mais de 90% do tempo externamente. Muito processos exigem a aprovação de workflows ou leitura de e-mails do pessoal em campo. Ao mesmo tempo, a empresa tem percebido um aumento crescente em seus gastos com telefonia, devido a maior capilaridade de empresa pelo Brasil.

Inscreva-se
agora

Computação em Nuvem
Responsáveis: Lucas Romão – MVP, Evilázaro Alves – MVP, Fabrício Sanchez – MVP
Palestrantes: Lucas Romão (MVP), Evilázaro Alves (MVP), Fabrício Sanchez (MVP), Humberto Silva (Microsoft)
Exemplo de cenário: Pequenas, médias e grandes empresas hoje avaliam sua infraestrutura, em relação aos desafios para o gerenciamento e manutenção do ambiente de TI. O mercado tem apresentado nos últimos anos alternativas para a gestão de TI, através de modelos baseados em nuvem pública ou privada. Mais recentemente, a construção de nuvens híbridas tem recebido destaque em fóruns de arquitetura e gerenciamento de infraestrutura. Uma empresa está hoje com 80% de sua TI baseada em máquinas virtuais sem gerenciamento unificado. Outros 20% estão em máquinas físicas, com aplicações legadas. Como dar o próximo passo?

Inscreva-se
agora

BI, Big Data e Gerenciamento de Dados
Responsáveis: Luciano Moreira – MVP, Gustavo Maia – MVP
Palestrantes: Luciano Moreira (MVP), Pericles Rocha (Microsoft), Nilton Pinheiro (MVP), Felipe Ferreira (MVP), Fabiano Amorim (MVP)
Exemplo de cenário: A análise de dados é um dos principais elementos de sucesso para o bom entendimento de diversas linhas de negócio. Sem uma análise de dados robusta, é impossível entender as tendências e comportamento de seu negócio, durante as várias fases de sua execução. Uma empresa da área financeira deseja analisar o comportamento de risco de seus milhares de clientes e investidores. Ela busca ferramentas de análise e mecanismos de integração para consumo de diferentes fontes de dados de seus vários sistemas.

Inscreva-se
agora

Para conhecer mais sobre o Programa MVP, visite o site http://mvp.microsoft.com
Acompanhe também as novidades e atividades dos MVPs do Brasil no Facebook e Twitter oficiais do programa no país.
* O MVP Virtual Conference é uma iniciativa independente dos MVPs do Brasil.

Editor de Scripts gratuito – PowerShell Plus

Ola pessoal,

sempre comento aqui no blog que hoje em dia administrar ambientes Windows e não trabalhar com PowerShell é inadmissível. Existem recursos para mesmo aqueles que não tem experiência com scripts tenham uma adoção um pouco mais facilitada. A ferramenta gratuita PowerShell Plus proporciona isso.

Se trata de uma console para edição, depuração e execução de scripts  e que contém já exemplos de scripts para obter informações a respeito do próprio computador/servidor onde a ferramenta estiver instalada além do AD, Sharepoint, Hyper-V, VMware, SQL Server entre outras tecnologias.

Para obter ainda mais exemplos de scripts em PowerShell, acesse o repositório do Scriptcenter da Microsoft.

ps1

ps2

Para download e maiores informações sobre o PowerShell Plus acesse aqui.

Monte seu ambiente de testes

Para nós, profissionais técnicos em Informática e Consultores em TI é essencial ter um ambiente de testes para poder simular situações do “mundo real” antes que aconteçam na prática.

Quando comecei na área de TI, em meados de 1999/2000 era complicado um técnico ter um ambiente de testes pois era necessário possuir mais de um equipamento, hub (na época…rs…), cabeamento…tudo era mais complicado e também mais caro.

rede

Montar um laboratório para estudar para certificação, por exemplo, era complicadíssimo, no mínimo de 3 a 5 máquinas físicas, o que tornava quase inviável o técnico montar um ambiente desses em casa. O que acontecia muito era que aqueles que trabalhavam em empresas ou aprendiam na prática nos servidores de produção mesmo ou aproveitavam máquinas que estivessem por ventura sem utilização para montar o ambiente de estudos. Algumas empresas até mantinham esses laboratórios para utilização no processo seletivo de novos funcionários.

Costumo sempre dizer que hoje não ter um ambiente de testes é inadmissível. Com o advento da virtualização e com o poder computacional dos atuais desktops e notebooks é possível criar dentro de um mesmo equipamento a quantidade de servidores virtuais que seu hardware aguentar e de forma isolada do restante da sua rede se você assim preferir. Obviamente deve ser feito um dimensionamento do que você quer criar e espera montar de ambiente com o que você tem de hardware no seu equipamento.

Com o ambiente de testes montado, você pode antever situações que vai passar em seu cliente, como por exemplo, a instalação de um novo sistema operacional ou nova versão de algum software. Instalação de atualizações de um determinado SO que implementa novas funcionalidades. Outro bom exemplo, a execução de um comando no ambiente, qual impacto teria. Um novo sistema operacional foi lançado? Crie uma máquina virtual e instale a nova versão para começar a estudar. Você pode ter VMs com Linux, Windows, Chrome OS e testar a interoperabilidade entre eles. Enfim, as possibilidades são inúmeras.

virt

Hoje em dia todo técnico/consultor de TI possui um notebook para trabalho. Procure comprar um modelo com bastante memória e processador, no mínimo, Dual Core. Verifique se o equipamento possui suporte à virtualização, Listei aqui duas ferramentas que podem auxiliar neste processo. Se, sim você pode habilitar o Hyper-V no Windows 8 ou instalar o VMWare Workstation. Caso seu notebook não suporte instruções de virtualização no processador, instale o VMWare Player ou o Oracle Virtual Box. Invista em um bom equipamento de trabalho. O retorno será garantido.

Realizar testes e simular situações passa credibilidade e profissionalismo aos seus clientes, portanto não hesitem de montar o seu ambiente de testes.

Disponibilizadas atualizações para Windows Phone 7.8

Ola pessoal,

A Microsoft liberou via Zune, duas atualizações (7.10.8860.142) e (7.10.8862.144) para Smartphones que já possuam o Windows Phone 7.8 instalado. Caso ainda não tenha realizado a atualização da versão 7.5 para a 7.8, publiquei um post a respeito.

Essas atualizações corrigem diversos bugs detectados na última versão do Windows Phone 7.8 (Build 8858).

Para atualizar seu telefone, pluque-o via USB e abra o software Zune previsamente instalado em seu computador/notebook. Depois clique em Telefone – Configurações – Atualizar. Se houver alguma atualização disponível para seu dispositivo, será exibida uma mensagem conforme imagem abaixo.

wp78

Clique em Atualizar e será exibida a tela abaixo. Clique em Atualizar Agora para iniciar o processo e aguarde. Não desligue o computador ou o telefone, nem tampouco desconecte o mesmo no meio do processo para não corremper a instalação. Não se assuste, o telefone será reiniciado automaticamente. Acompanhe as instruções que serão exibidas no Zune.

wp78-2

wp78-4

Ao final de todo o processo será exibida a mensagem de Atualização Bem-Sucedida.

wp78-5

No meu caso, após realizar a instalação da Build 8860, o Zune já identificou a disposnibilidade da Build 8862 e aproveitei e atualizei também.

Fique atento, atualize seu telefone e verifique  no seu banco de dados quais clientes possuem smartphones com Windows Phone para que vocês possam proceder com a atualização.

MVP Virtual Conference 2013 – 26, 27 e 28 de Março

De 26 a 28 de Março, acontecerá o evento MVP Virtual Conference que será 100% online e contará com sessões apresentadas pelos Microsoft Most Valuable Professionals (MVP)  e convidados da comunidade. Por ter feito parte do programa por muitos anos e continuar junto à comunidade fui convidado a participar. Estarei apresentando uma sessão sobre Consumerização junto com meu amigo Rover Marinho, que está de volta ao programa MVP.

Sem dúvida é uma grande oportunidade de aprender mais sobre produtos e tecnologias da Microsoft, pois você estará em contato com especialistas e profissionais experientes de destaque no mercado que farão apresentações baseadas em cenários do mundo real.

Serão 9 trilhas de palestras, 3 por dia, que serão apresentadas de forma online, através do já conhecido formato do webcast. Ao final haverá um round table com todos os palestrantes que atuaram na trilha.

As palestras ocorrerão das 09:00 às 16:45 com intervalo para almoço das 11:30 às 13:00hrs.

Corra e faça a sua inscrição aqui.

Adicionando o menu iniciar no Windows 8 com o Start Menu 8 da IObit

A quantidade de clientes com Windows 8 vem aumentando e com certeza vocês já se depararam com algum que sente falta do bom e velho Menu Iniciar que desde a versão 95 o ponto central das ações executadas em máquinas com Windows. Sem conta nas reclamações com relação à interface nova.

Uma rápida explicação a respeito do novo conceito de utilização do Windows pode ajudar e que com alguns dias de utilização é possível acostumar-se, mas enfim, muitas pessoas são resistentes, principalmente as que não são da área de TI e como sempre falo e escrevo, temos que estar preparados e saber as possibilidades existentes para atender à necessidade do cliente, que neste caso seria colocar o Menu Iniciar no Windows 8. De forma nativa não é possível. Apenas através de softwares de terceiros.

O Start Menu 8 da IObit, parceira deste blog, é uma boa opção pois  além de ser gratuito, concede ao usuário uma experiência bem próxima do Menu Iniciar nativo das versões anteriores do Windows.

A instalação é muito simples e a customização da ferramenta idem. Assim que a instalação é finalizada a tela de configurações do Start Menu 8 é exibida. Itens sobre execução, layout, exibição e idioma podem ser definidos. A tarefa  de Alternar entre a interface Metro e a interface de desktop é feita de forma fácil.

sm1

 

sm2

 

sm3

 

Vejam abaixo a disposição do Start Menu 8 no desktop. Bem parecido mesmo com o Menu Iniciar do Windows 7.

sm5

 

 

sm6

Maiores informações e download do Start Menu 8 em http://www.iobit.com/iobitstartmenu8.php

 

 

Algumas ações que podem fidelizar seus clientes atuais e trazer novos

Não existe propaganda melhor para o técnico de informática/consultor de TI que o famoso “boca a boca”, sem dúvida alguma esta é a que possui o alcance mais eficaz. Se você realiza um bom atendimento a um cliente na sua rua, muito provavelmente os vizinhos vão acabar sabendo, as pessoas que residem nas ruas próximas também e consequentemente todo o bairro.

Prestar sempre um bom atendimento é essencial e sem dúvida é um bom começo para se obter sucesso na profissão, porém algumas ações, relativamente simples, podem auxiliar a você técnico a manter seus clientes atuais bem como conquistar novos.

Cartão de visita e website

Elabore um cartão de visitas. Você vai precisar dele para apresentar em reuniões que participar, entregar a possíveis clientes e distribuir em condomínios, residências e prédios comerciais.

Outra ferramenta indispensável é o website. Crie um site, onde você possa divulgar seus serviços e atividades. Defina uma identidade visual. O cartão de visitas, o site e todo e qualquer material que você venha a criar deve utilizá-la.

Divulgue sua atividade

Trabalha como técnico de informática ou consultor de ti? Então divulgue para todas as pessoas que você conhece. Seus familiares, vizinhos e amigos. Pessoas que frequentam a mesma igreja ou clube que você. Entregue seu cartão de visitas e fale sobre sua atividade e seus diferenciais. Você precisa dos clientes para poder se manter.

Construa um banco de dados

A primeira coisa a se fazer é construir um banco de dados com as informações dos seus clientes e seus respectivos equipamentos. Procure obter o máximo de informações dos seus clientes, pois te auxiliarão em ações de fidelização, como por exemplo, mandar um cartão no aniversário ou no natal, ligar ou mandar um e-mail para aqueles clientes que por ventura possam estar precisando de upgrade em seu equipamento, entregar um brinde…

Tendo essas informações em seu banco de dados, fica mais fácil bolar campanhas de marketing, realizar sorteios entre outras coisas.

Sempre mantenha contato com seus clientes! Além de mantê-los satisfeitos, eles podem te trazer novas oportunidades de negócio e clientes. Outra coisa que sempre comento em aulas e palestras. Nunca se vendeu tanto notebook/computador/tablet/smartphones quanto hoje em dia. As oportunidades estão ai. Temos que saber aproveitá-las.

Patch My PC – Ferramenta gratuita para atualização de aplicativos

Um dos grandes desafios hoje para técnicos e analistas de suporte é manter os computadores/notebooks dos clientes atualizados e diminuindo consequentemente a possibilidade de ataques, ações maliciosas e exploração de vulnerabilidades. Você deixa seu cliente satisfeito e ao mesmo tempo você tem uma quantidade menor de incidentes e chamados abertos. Pois bem. Para atualizar o Windows, temos algumas opções de ferramentas.

O nativo Windows Update, temos também o WSUS, que normalmente é implementado em empresas, mas que pode também ser instalado em redidências que possuam muitos computadores. Sem duvida uma oportunidade de negócios. Para saber mais sobre o WSUS, vejam um Treinamento gratuito que disponibilizei tempos atrás. Podemos utilizar também o WUManager.

Mas e os aplicativos de terceiros instalados no computador? Como mantê-los atualizados?

Usando o excelente e gratuito Patch My PC. Simples de usar, portable, basta executá-lo para que sejam identificados quais aplicativos estão instalados no computador e seu status de atualização.

Os aplicativos listados em verde estão atualizados, os em vermelho estão com atualização pendente.

patchmypc

Para proceder com as atualizações clique em Perform x Updates (no caso do meu Notebook 2 atualizações).

patchmypc3

Processo finalizado e computador atualizado.

patchmypc4

Mais uma ferramenta gratuita e indispensável para quem trabalha com suporte, manutenção e consultoria.

SegInfocast – Novo projeto e primeira edição lançada

Ola pessoal,

É com bastante alegria que venho anunciar a minha participação em mais um projeto bem interessante. Vocês que acompanham o blog sabem que desde o ano passado venho gravando podcasts com profissionais de destaque no mercado de TI. Esses podcasts fizeram um barulho grande na comunidade e acabaram me rendendo o convite por parte do pessoal do Blog Seginfo para ser o apresentador do mais novo podcast de TI e Segurança da Informação, o SegInfoCast. Em cada edição estarei recebendo convidados de relevância. Aguardem…

Nesta primeira edição, conversei com Yuri Diógenes da Microsoft a respeito da Certificação Comptia Security+ e do curso e livro que o Yuri está lançando, referentes ao assunto.

Por ser o primeiro episódio uma grande ação está sendo feita e uma série de brindes estão sendo sorteados para os ouvintes. Inclusive vagas em treinamentos (inclusive o preparatório para a Security+, Livros e PenDrives. Não deixem de prestigiar, ouvir e participar do sorteio. Espero que gostem desta nova iniciativa.

Vejam o post de lançamento do SegInfocast.

seginfo-cast-facebook

 

LibreOffice 4.0.1 lançado

Semana passada a Document Foundation (TDF) anunciou a versão 4.0.1 do LibreOffice, suíte de escritório livre que possui versões para Windows, MacOS e Linux. Esta foi a primeira atualização após o LibreOffice 4.0 disponibilizado no início de fevereiro.

LibreOffice

O LibreOffice 4.0.1 pode ser baixado imediatamente pelo link: http://pt-br.libreoffice.org/baixe-ja .Extensões – softwares adicionais – para o LibreOffice encontram-se em: http://extensions.libreoffice.org/extension-center.

Para saber mais sobre visitem o site do LibreOffice – http://pt-br.libreoffice.org/

Resultado do Sorteio do Podcast 12

Ola pessoal,

já temos os dois ouvintes sorteados do Podcast 12, que gravei com meu amigo Alexandro Prado. Neste Podcast contamos com o apoio do parceiro Julio Battisti que nos cedeu 2 livros da Grupo A para sorteio.

Abaixo os prêmios e seus ganhadores.

Livro Introdução à Segurança de Computadores

Henrique A Santos – @henriqueals

Livro Redes de Computadores e Internet

Marcus Vinicius – @xmarkusrjx

Parabéns aos ganhadores!

Até o próximo sorteio.

Anti-Malware gratuito: SUPERAntiSpyware Free

O SUPERAntiSpyware é um software gratuito focado em prover mais segurança, detectando e removendo malwares, spywares, keyloggers, trojans, rootkits e demais ameaças tão corriqueiras em máquinas com Windows.

Sem dúvida, uma excelente opção de anti-malware, que deve fazer parte do kit de ferramentas de todo técnico de informática/consultor de TI para utilização em seus clientes, não só para evitar que estes possuam informações suas capturadas bem como para otimizar o desempenho dos computadores, que é comprometido quando algumas das ameaças listadas acima estão instaladas. A ferramenta oferece tambéma opção de proteção em tempo real (Real-Time) e exibição dos logs das atividades, que podem ser utilizados para documentação ou evidência em algum incidente.

spy1

spy2

Existe uma versão mais avançada (Professional) que custa $29.95 e possui alguns recursos adicionais, porém a gratuita já nos auxilia bastante.

Maiores informações a respeito do produto e download aqui.

Desabilitando o Windows Defender no Windows 8

O Windows 8 traz nativamente o Windows Defender, solução de proteção para desktops da Microsoft que é a junção de dois produtos, o Security Essentials, antivirus que era distribuido gratuitamente pela Microsoft com o Defender, que assim como o Essentials era gratuito e protegia os micros/notebooks com Windows de Malwares , Spywares e afins.

Por padrão o Windows Defender já vem ativado no Windows 8 e caso você tenha o interesse ou a necessidade da instalação de uma outra solução de antivirus ou uma suite de segurança que também contenha firewall e antispyware, será necessário desabilitar o Defender, atém mesmo por não ser recomendável a manutenção de dois softwares antivirus ativados no computador. A desinstalação é mais complicada devido ao fato do Defender já vir embarcado no Windows 8, então vamos demonstrar duas formas de como desabilitar o mesmo.

Desabilitando através do Windows Defender

Execute o Windows Defender. Digite “Defender” no Menu Iniciar. Clique em Configurações – Administrador e desmarque a opção “Ligar o Windows Defender” depois clique em Salvar alterações.

DEF1

Será exibida a tela abaixo informando que o Windows Defender foi desabilitado. Caso seja necessário habilitar o Windows Defender novamente, acesse a Central de Ações no Painel de Controle.

DEF2

 

Desabilitando através dos Serviços do Windows

No Menu Iniciar digite “Exibir serviços locais” para executar a console mmc que gerencia os serviços do Windows.

DEF3

Com a console aberta, navegue até encontrar o “Serviço Windows Defender” e dê dois cliques nele. Mude o Tipo de inicialização para Desativado e em Status do serviço, clique em Parar. Desta forma o serviço estará parado e desativado, mesmo que o sistema seja reiniciado.

DEF4

Com o Windows Defender desabilitado, você pode instalar o antivirus de sua preferência. Nunca mantenha dois softwares antivirus ativos na mesma máquina.

 

7 Certificações para Técnicos e Analistas de Suporte

certIniciando a série de posts sobre temas referentes a técnicos e analistas de suporte, abordaremos quais certificações que eu considero interessante fazer considerando as tendências e o mercado atual no Brasil. Muitos ainda se perguntam se as certificações são válidas e pertinentes.  Eu as defendo e na minha opinião são essenciais para o profissional demonstrar ao mercado não só que é especialista em determinada tecnologia ou produto, mas também para mostrar que é um profissional que se preocupa em manter-se atualizado , principalmente em nossa atividade, que é tão dinâmica.

Além disso, há muito tempo algumas certificações deixaram de ser um diferencial, para serem essenciais, inclusive em determinadas situações o profissional nem participa de processos seletivos se não possui determinado título. Esse assunto certificações é bem extenso, já escrevi e palestrei bastante sobre. Vou publicar mais a respeito aqui

Segue abaixo as certificações que no meu ponto de vista todo técnico/analista de suporte deve ter. Independente se atua de forma autônoma em clientes domésticos e pequenas empresas ou sendo funcionário de alguma empresa.

 

Microsoft Technology Associate (MTA)

Certificação para quem está começando na área, mas que garante que o técnico possui conhecimentos de Servidores, Rede, D, Hyper-V entre outros. Para quem já trabalha com TI há algum tempo e tem uma boa experiência pode partir para a MCSA. Publiquei post sobre a MTA no mês passado, vejam aqui.

 

Microsoft Certified Solutions Associate (MCSA): Windows 8

A maior parte dos clientes e empresas possuem Windows instalado em seus equipamentos, portanto possuir uma certificação Microsoft é quase que uma condição para se colocar bem no mercado. Conforme comentei anteriormente, no caso de clientes domésticos/pequenas empresas não é primordial que você a possua e sim um diferencial seu para o cliente, mas no caso de atuação no mercado corporativo, em consultorias e empresas é primordial ter a certificação. O Windows 8 está começando a ganhar mercado e é o sistema operacional atual da Microsoft, portanto vale a pena prepara-se para implementar, suportar e administrar máquinas com este sistema, além do que os tempos são outros o sistemas operacional não roda mais apenas em computadores e notebooks, assim como em Tablets como o Surface da própria Microsoft e celulares com Windows Phone. A base de clientes com Windows 7 ainda é bem grande, portanto também vale a pena a capacitação neste sistema. Vejam informações aqui.

 

Comptia A+

Ter conhecimentos avançados de hardware é essencial, por mais que hoje atividades referentes não sejam mais tão corriqueiras. A certificação A+ é bem antiga porém ainda pouco difundida aqui no Brasil. Ela é independente de tecnologia (vendor neutral) e fornece uma base sólida em hardware para os técnicos propiciando um melhor diagnóstico nos problemas e incidentes encontrados no dia a dia nos clientes. O mercado de manutenção de computadores/notebooks vai sempre existir, até mesmo em equipamentos fornecidos por grandes fabricantes, até porque a garantia um dia acaba e o cliente precisa de suporte, certo?

 

Comptia Network+

A Network+ é similar à A+ porém fornece embasamento e conhecimentos de rede também independente de tecnologia ou sistema operacional. Sem duvida alguma é essencial ter bons conhecimentos de rede para poder prestar um bom suporte/consultoria. Certificação Vendor Neutral e com foco em conceituação e não em tecnologia e produtos específicos.

 

CompTIA Linux+

Hoje em dia é essencial que os técnicos e analistas tenham conhecimento do Sistema Operacional Linux. Dificilmente você vai encontrar Linux em clientes do mercado doméstico. Quem possui Linux em casa normalmente são os próprios profissionais de TI.  Mas no atendimento a empresa é bem possível que você encontre desktops e servidores baseados em Linux, muitos devido ao custo das licenças Microsoft. Possuo uma empresa cliente cujo File Server é um Fedora e as estações de trabalho são Windows. Ser capacitado em Linux significa ampliar seu portfolio e ter aumentar a abrangência de clientes que você pode atender.

A certificação Linux+ também é vendor neutral assim como as demais da CompTIA ou seja é independente de distribuição Linux.  Além disso, hoje sendo aprovado no exame Linux+, automaticamente você obtem também as certificações LPIC-1 e Novell Linux Administrator de vido ao fato do conteúdo das 3 provas ser o mesmo.

 

Comptia Security+

Se trata de uma certificação que fornece ao profissional conceitos referentes à segurança da informação necessários em todos os níveis, tanto em residências quanto em empresas. A conceituação de temas referentes à segurança preparam o técnico para depois, se tiver o interesse, buscar certificações mais avançadas. Oferecer serviços e realizar atendimentos com foco em segurança é um adicional de valor que você pode conceder ao seu cliente. Sem duvida a certificação Security+ é essencial. Certificação Vendor Neutral e com foco em conceituação e não em tecnologia e produtos específicos.

 

Apple

Há anos atrás aqui no Brasil equipamentos Apple eram encontrados em empresas de nichos específicos como design gráfico, ilhas de edição entre outros. Dificilmente você se deparava com um Mac em residências ou pequenas empresas. Existiam, mas eram poucos, até pelos preços abusivos que eram cobrados por aqui. Existiam profissionais especializados em Tecnologia Apple que atendiam a esses clientes. Na verdade ainda existem, mas hoje em dia esse cenário mudou, hoje em uma mesma residência ou empresa, existem PCs, Macs, IPad´s, Apple TVs  e você precisa tornar esse ambiente interoperável de forma que o usuário consiga compartilhar documentos, fotos, impressoras e demais recursos entre esses equipamentos, proporcionando uma experiência interessante. Isso pede uma capacitação maior dos profissionais acostumados a atuar na plataforma Intel/Windows. Aqueles que não se adequarem correm o risco de perder clientela. Muita gente não sabe, mas a Apple possui um extenso programa de certificação, focado tanto em Hardware quanto no Mac OS. Uma certificação interessante é a Associate, cujo objetivo é capacitar técnicos na tarefa de inclusão de computadores/notebooks Apple Mac OS em Redes Windows. Esta certificação tem um nível de dificuldade relativamente baixo e pode ser feita online.

Hoje a quantidade de PCs com Windows ainda é bem maior porém a plataforma Apple vem ganhando terreno no mercado doméstico como no corporativo também. Atenção quanto a isso.

Conclusão

Procurei listar as certificações mais adequadas para técnicos e analistas de uma forma que o profissional esteja capacitado em Hardware, Redes, Sistemas Operacionais e Segurança. Procurem estudar bastante, não se atenham apenas a uma tecnologia. Concordo que a especialização em determinado assunto é importante, mas ao menos ter conhecimentos sobre as demais áreas aumenta o seu poder de análise e resolução de problemas além de gerar mais oportunidades.