Verificando a versão do Oracle Linux

Olá pessoal,

LinuxTuxUm cliente me acionou para fazer alteração em um servidor um servidor Linux mas para isso seria necessário identificar a versão do sistema operacional em questão. O cliente informou que acreditava se tratar de um Oracle Linux, mas não tinha certeza.

No caso do Oracle Linux esta informação se encontra no arquivo oracle-release armazenado em /etc.

Pois bem, acessei remotamente via SSH e utilizei o comando cat para ler o arquivo que contém a informação de versionamento do Oracle Linux, vejam abaixo:

cat /etc/oracle-release

A resposta foi: Oracle Linux Server versão 6.9

Até a próxima!

Diário de Uberlândia – Coluna Mundo Tech – Derrubando Mitos sobre o Linux – 22/09/2019

Olá pessoal,

Segue abaixo a coluna Mundo Tech “Derrubando mitos sobre o Linux” publicada em 22/09/2019 no Jornal Diário de Uberlândia.

MUNDO_TECH_22092019

Diário de Uberlândia – Coluna Mundo Tech – O Sistema operacional Linux – 08/09/2019

Olá pessoal,

Segue abaixo a coluna Mundo Tech publicada em 08/09/2019 onde escrevi sobre O Sistema operacional Linux no Jornal Diário de Uberlândia.

MUNDO_TECH_08092019

Live com Gabriel Costa (Toca do Tux)

Olá pessoal,

hoje eu conversei com o Gabriel Costa, do blog e do canal Toca do Tux. Gabriel também é autor do curso “Linux: Da migração à administração do sistema operacional” disponibilizado via Udemy. Inclusive em breve faremos um sorteio de vaga para este curso.

Falamos sobre carreira e sobre os projetos com os quais o Gabriel está envolvido.

Assistam esse interessante bate papo abaixo:

 

Mudando o hostname de um servidor Red Hat ou Oracle Linux

Olá pessoal,

TerminalLinuxPara definir ou redefinir o nome da máquina (hostname) em um servidor com as  distribuições Red Hat ou Oracle Linux acesse o terminal e utilizando um editor como vi ou nano, abra o arquivo /etc/sysconfig/network

Edite a entrada HOSTNAME=”nome_do_servidor” 

Após isso, salve o arquivo e reinicie o servidor e valide o acesso com o novo nome.

Dica útil para os iniciantes no mundo Linux.

VMWare ESXi 6.0 – Placa de rede em VM Linux renomeada de eth0 para eth1 após troca de host

Olá pessoal,

um cliente com ambiente de virtualização baseado no VMware ESXi 6.0 passou por um incidente em um dos seus hosts e precisou reapresentar uma máquina virtual ao Inventário, desta vez associando esta vm a outro host.

Pois bem, o sistema operacional (Oracle Linux Server 6.9) da máquina virtual iniciou normalmente porém sem conectividade no ip destinado a este servidor. Acessei o servidor e verifiquei que a interface que anteriormente era “eth0” , passou a ser “eth1” e estava funcionando porém com outro endereço ip, atribuído via DHCP.

Sigam os passos abaixo para corrigir este problema e retornar com a interface original “eth0”:

Verifique via comando ifconfig no terminal o Mac Address da nova interface criada (eth1).

Faça uma cópia de segurança do arquivo de configuração da placa eth0 (/etc/sysconfig/networking-scripts/ifcfg-eth0) e em seguida edite o arquivo substituindo o Mac Address pelo exibido na interface eth1 no passo anterior, executando os comandos:

  • # cd /etc/sysconfig/networking-scripts                                                                             
  • # cp ifcfg-eth0 /root/                                                                                                               
  • # vi /etc/sysconfig/networking-scripts/ifcfg-eth0 (Editem a linha HWADDR no arquivo)                                                                                                                       

Faça uma cópia do arquivo 70-persistent-net.rules, em seguida delete o original e depois reinicie o servidor, utilizando os comandos abaixo:

  • # cd /etc/udev/rules.d
  • # cp 70-persistent-net.rules /root/
  • # rm 70-persistent-net.rules
  • # reboot

Após o reboot o servidor estará novamente com a interface de rede “eth0” com as configurações originais (com exceção do Mac Address), ativa e com conectividade.

Verificando a distribuição e versão do Linux via ssh

Olá pessoal,

Passei pela seguinte situação que compartilho com vocês. Acessei um servidor Linux remotamente via ssh e precisava saber a distribuição e versão (release) para poder realizar uma instalação correta de um agente.

Para obter o versionamento digite no shell:

cat /etc/*-release

Vejam abaixo o detalhamento do sistema operacional instalado neste servidor remoto:

Linux_Version

Espero ter ajudado! Bom trabalho para todos!

Habilitando ifconfig no Linux Cent OS 7 Minimal

Olá pessoal,

Precisei fazer a instalação do CentOS 7 Linux versão “mininal” para validar um ambiente que estou montando e após o término da instalação tentei executar o comando “ifconfig” para verificar quais as configurações de rede do adaptador conectado e obtive o retorno abaixo:

comando não encontrado

IFCONFIG

Por se tratar da versão “mininal” o pacote “net-tools” que contém o ifconfig dentre outros comandos (route, por exemplo) não está habilitado. Então para ver o status dos adaptadores de rede execute:

ip addr show

Para instalar o pacote net-tools execute:

yum -y install net-tools

Aguarde o processo, se a instalação ocorrer com sucesso, ao final, o comando ifconfig estará disponível.

IFCONFIG1

Até a próxima!

Entrevista da semana: Dionatan Simioni (Diolinux)

Olá pessoal,

DionatanSimioniNa entrevista desta semana eu conversei com o Dionatan Simioni que é professor, blogueiro, escritor, YouTuber, criador do blog/canal Diolinux, da DioStore e do Diolinux EAD. Recentemente criou o canal Digital Job, onde aborda assuntos referentes a trabalho remoto, home office, marketing digital e tudo o que envolve essa atmosfera do empreendedorismo moderno.

Eu acompanho há bastante tempo o trabalho do Dionatan e inclusive sou um dos apoiadores do Diolinux, vamos então conhecer melhor o entrevistado da semana!

Read more of this post

Entrevista da semana: Gabriel Silveira (Toca do Tux)

Olá pessoal,

Na entrevista desta semana eu conversei com o amigo Gabriel Silveira, que atua como administrador de sistemas, professor de inglês (ou ex), interprete, tradutor, consultor em finanças pessoais, também traduziu o manual de instalação da distribuição Funtoo Linux e possui os canais e blogs Toca do Tux e Resenha Nerd.

O Gabriel tem o mesmo defeito que eu, adora computadores e máquinas antigas! Vamos prestigiar o trabalho dele e acompanhar suas atividades. Então conheçam o entrevistado da semana!

Gabriel Silveira

Read more of this post