Exchange Server – Alguns comandos PowerShell para gerência dos databases

Olá pessoal,

WindowsPowerShellHoje eu compartilho com vocês alguns comandos PowerShell bastante úteis para gerencia e suporte em ambientes com Exchange Server na rede.

Para obter informações sobre cada mailbox existente em todos os databases em um servidor Exchange, execute:

Get-MailboxStatistics

Para saber a quantidade exata de mailboxes criadas no Exchange Server execute, substituindo SERVIDOR, pelo nome do seu servidor:

Get-Mailbox -Server SERVIDOR | Measure-Object

Para identificar a quantidade de maiboxes criadas em cada database existente no Exchange, execute:

Get-Mailbox | Group-Object -Property:Database | Select-Object Name,Count | Sort-Object Name | Format-Table -Aut

Até a próxima!

GAB 2019 – Material da apresentação sobre Azure File Share

Olá pessoal,

conforme prometido eu compartilho com vocês o material sobre Azure File Share que eu utilizei na apresentação que eu fiz no Global Azure Bootcamp em Uberlândia/MG no último dia 27/04.

Aos que participaram, eu espero que tenham gostado e saibam que eu caso de dúvidas eu estou à disposição, podem entrar em contato.

Então, divulguem, compartilhem e bons estudos!

27/04 – Global Azure Bootcamp 2019 – Uberlândia/MG

Olá pessoal,

pelo segundo ano consecutivo terei o prazer de participar da edição em Uberlãndia/MG do Global Azure Bootcamp. O evento está sendo organizado pelo meu amigo Bruno Maestro e acontecerá no próximo sábado (27/04), a partir das 8:30, no Senac Uberlândia, localizado na Avenida Belo Horizonte, 525.

Profissionais de Infra e Dev receberão conteúdo relevante e de qualidade.

As inscrições podem ser realizadas em http://bit.ly/bootcamp2019udia

Aguardo todos vocês lá! Até sábado!

GLOBALAZURE2019_UBERLÂNDIA

Live Migration de máquina virtual no Hyper-V via PowerShell

WindowsPowerShellOlá pessoal,

Devido a necessidade de um cliente eu precisei automatizar o processo de Live Migration de máquinas virtuais baseadas no Hyper-V/Windows Server. Para isso utilizei os comandos PowerShell abaixo:

Primeiro devemos importar o módulo do Failover Cluster no equipamento onde os comandos serão executados:

Import-Module FailoverClusters

Após isso, para realizar o Live Migration de uma VM utilize:

Get-Cluster “Nome_do_Cluster” | Move-ClusterVirtualMachineRole -Name “Nome_da_máquina_virtual” -Node “Nome_do_nó_do Cluster”

Vejam o exemplo: Get-Cluster SRVCLUS01 | Move-ClusterVirtualMachineRole -Name SRV01 -Node SRVHV01

Será exibida uma barra de status do processo no prompt do PowerShell. Aguarde todo o processo e verifique no nó de destino se o processo ocorreu com sucesso e a máquina virtual está ok.

Até a próxima!

Realizando teste de conexão com um database SQL Server

Olá pessoal,

dica rápida para quem precisa validar/testar as credenciais de acesso a um banco de dados baseado no SQL Server.

A partir do PC/Notebook/Servidor com sistema operacional Windows, de onde será feito o teste de conexão, crie um arquivo txt sem conteúdo com nome, por exemplo, testedeconexao.txt

Renomeie este arquivo *.txt criado para a extensão *.udl, no exemplo então renomeie para testedeconexao.udl

Execute o arquivo testedeconexao.udl e será exibida a tela abaixo.

SQLTest1

Selecione o servidor para o qual deseja realizar o teste, defina as credenciais de acesso e para qual banco a tentativa de acesso será realizada. Após isso clique em Testar conexão.

SQLTest2

Até a próxima!

 

DHCP – Buscando reservas de IP via Mac Address

Olá pessoal,

estamos de volta após um intervalo de muito trabalho, eventos e atividades.

PromptComandoImaginem o seguinte cenário. Preciso descobrir se um determinado notebook possui reserva no servidor DHCP com Windows Server 2008 R2.

Como proceder?

Opção 1: Visualizar cada uma das inúmeras reservas criadas em busca do Mac Address do equipamento em questão.

Opção 2: Executar o comando abaixo no prompt do servidor DHCP:

netsh dhcp server dump | find /i”Endereço_Mac”

Exemplo: netsh dhcp server dump | find /i”681401a5b907″

Será feita uma consulta no servidor em busca de uma reserva, se houver será exibida, se não houver nada será mostrado.

Para obter a lista de todas as reservas criadas no servidor DHCP execute:

netsh dhcp server dump

Para facilitar a pesquisa e também documentar as reservas jogue o resultado para um arquivo através do comando abaixo:

netsh dhcp server dump >reservasdhcp.txt

Espero ter ajudado com mais uma dica útil para o nosso dia a dia de suporte e administração de servidores.

Até a próxima!

Windows 10 – Alterando o perfil de rede de pública para privado via PowerShell

Olá pessoal,

um cliente estava tendo problemas de conectividade entre um notebook com Windows 10 e um computador com Windows 7. Verifiquei o notebook e a conexão de rede estava definida como pública conforme imagem abaixo:

W10ProfileRede01

Para alterar para rede privada, abra o Power Shell como administrador (elevado) e execute o comando Get-NetConnectionProfile para exibir as características da conexão e obter o valor do parâmetro InterfaceIndex, no caso desta interface de rede o valor é 16 conforme imagem a seguir. Notem também que o parâmetro NetworkCategory está definido como Public.

W10ProfileRede02

Para definir a conexão como privada digite o comando abaixo, considerando o parâmetro InterfaceIndex 16, da conexão em questão, execute o comando:

Set-NetConnectionProfile -InterfaceIndex 16 -NetworkCategory Private

Em seguida execute novamente Get-NetConnectionProfile e verifique o parâmetro NetworkCategory agora como Private.

W10ProfileRede03

WSUS Setup Not Completed! Error 0x80070643

Olá pessoal,

Um cliente solicitou uma instalação de WSUS e disponibilizou um servidor Windows Server 2008 R2 para esta demanda. Pois bem, ativei a role, iniciei o setup e ocorreu o erro 0x80070643 impedindo o término do processo.

WSUSSetup1

Verificando o arquivo de log descrito acima identifiquei que o erro acontecia durante o setup do Windows Internal Database.

WSUSSetup2.png

Levantei o histórico da máquina em questão e descobri já havia sido feita uma instalação anterior, ou seja, o Windows Internal Database não foi removido corretamente. Para remover abra um prompt de comando e execute:

  • Em sistemas 32-bits: msiexec /x {CEB5780F-1A70-44A9-850F-DE6C4F6AA8FB} callerid=ocsetup.exe
  • Em sistemas 64-bits: msiexec /x {BDD79957-5801-4A2D-B09E-852E7FA64D01} callerid=ocsetup.exe

Além disso, desinstale se houver alguma versão do .NET Framework 4.6 ou superior.

Após realizar os procedimentos acima, reinicie o servidor e habilite a role do WSUS que desta vez ocorrerá com sucesso.

Hyper-V – PowerShell para obtenção de informações dos Volumes CSV

Olá pessoal,

WindowsPowerShellHoje eu deixo para vocês um script bastante útil que eu sempre utilizo para obter informações a respeito dos Volumes CSV (Cluster Shared Volume) apresentados aos clusters Hyper-V dos meus clientes e para enriquecer a documentação dos mesmos.

Com esse script você vai ter dados como Nome do CSV, Path, Tamanho, Espaço Livre, Espaço Ocupado e Porcentagem de espaço Livre. Vejam abaixo:

HyperVCsv

Copie o código abaixo, salve com a extensão *.ps1 (Exemplo: HyperV_CSVs.ps1) e executem em seus clientes.

Import-Module FailoverClusters

$objs = @()

$csvs = Get-ClusterSharedVolume
foreach ( $csv in $csvs )
{
$csvinfos = $csv | select -Property Name -ExpandProperty SharedVolumeInfo
foreach ( $csvinfo in $csvinfos )
{
$obj = New-Object PSObject -Property @{
Name = $csv.Name
Path = $csvinfo.FriendlyVolumeName
Size = $csvinfo.Partition.Size
FreeSpace = $csvinfo.Partition.FreeSpace
UsedSpace = $csvinfo.Partition.UsedSpace
PercentFree = $csvinfo.Partition.PercentFree
}
$objs += $obj
}
}

$objs | ft -auto Name,Path,@{ Label = “Size(GB)” ; Expression = { “{0:N2}” -f ($_.Size/1024/1024/1024) } },@{ Label = “FreeSpace(GB)” ; Expression = { “{0:N2}” -f ($_.FreeSpace/1024/1024/1024) } },@{ Label = “UsedSpace(GB)” ; Expression = { “{0:N2}” -f ($_.UsedSpace/1024/1024/1024) } },@{ Label = “PercentFree” ; Expression = { “{0:N2}” -f ($_.PercentFree) } }

Até a próxima!

WinUtilities – Limpeza e manutenção de máquinas com Windows

Olá pessoal,

mais uma dica de ferramenta útil para nós que trabalhamos com suporte e consultoria de TI, desta vez mais especificamente para quem atua prestando manutenção preventiva e corretiva em PCs e Notebooks com Windows.

A ferramenta de hoje se chama WinUtilities e além de ser gratuita disponibiliza uma série de opções para otimizar e limpar PCs com sistema operacional Windows, corrigindo problemas de lentidão, removendo elementos indesejáveis como aplicativos, malwares, spywares, remover itens não necessários no registro, além de resquícios de softwares já removidos. O WinUtilities também tem um utilitário bem interessante que faz uma varredura nas partições e monta um relatório com a visão da utilização do espaço em disco pelas pastas e arquivos.

Sem dúvida alguma o WinUtilities deve fazer parte do kit de ferramentas de todo técnico/analista/consultor de suporte.

Download e informações aqui.