Papo de MVP #6 Carreira, revistas, livros e hardware para Consultores de TI

Olá pessoal,

Eu e meu amigo Alexandro Prado gravamos o sexto vídeo da série Papo de MVP e falamos sobre carreira, revistas, livros e hardware para Consultores de TI.

Assistam e até a próxima!

Fábrica da Dell em Hortolândia comemora 10 anos com a marca de 12 milhões de equipamentos produzidos

A unidade de Hortolândia atende todo o território nacional e foi pioneira no uso de Internet das Coisas para aperfeiçoar o processo de controle de qualidade na fabricação de equipamentos

DeelTechnologiesA Dell Technologies – família única de negócios que fornece a infraestrutura essencial para as organizações construírem o futuro digital e transformarem a TI – comemora os dez anos de sua fábrica localizada em Hortolândia (SP), com a conquista da marca de 12 milhões de equipamentos produzidos. Na planta, que atende todo o território nacional, são fabricados: computadores (desktops, notebooks, all-in-ones, workstations e equipamentos 2 em 1), servidores e soluções de armazenamento (storage).

A Dell foi uma das primeiras fabricantes de computadores a investir em fabricação nacional. Em 1999, a empresa inaugurou uma unidade fabril na sede da companhia, em Eldorado do Sul (RS), e quase oito anos depois, em 2007, migrou toda a operação para a cidade de Hortolândia, onde hoje produz PCs, servidores e soluções de armazenamento para atender usuários domésticos e empresas de todo o território nacional.

“Atingir a marca de 12 milhões de equipamentos produzidos no país reforça o compromisso da Dell com o mercado brasileiro, que é um dos principais mercados para a companhia no mundo”, afirma Claudionor Silva, Diretor Executivo de Operações da Dell Brasil. “Hoje, a produção da nossa fábrica consegue atender a todo o mercado interno. Graças à produção local em Hortolândia, temos agilidade e flexibilidade para atender o mercado nacional, o que representa uma importante vantagem competitiva”, completa. Leia mais deste post

Nostalgia Gamer: Montando um console retrô com RetroPie no Raspberry Pi Zero, o computador de 5 dólares

Olá pessoal,

Quem me conhece sabe que eu sou um apaixonado por Games antigos e mesmo o blog não sendo especializado, vez ou outra eu publico algo a respeito. Em 2014, eu publiquei um artigo sobre o OpenEmu, plataforma de emulação para MacOS na extinta revista MacMais. No ano seguinte eu disponibilizei o pdf da matéria neste post.

Neste ano meu irmão me enviou dos Estados Unidos 3 unidades do Raspberry Pi Zero, o computador de 5 dólares, para que eu pudesse estudar mais a respeito do produto e também gerar conteúdo sobre.

Uma das utilidades que encontrei neste mini-computador é a possibilidade de transformá-lo em um console retrogamer, via emulação, utilizando o surpreendente sistema RetroPie, baseado no Raspbian, uma distribuição Linux específica para o Raspberry, cujo processo de instalação eu descreverei neste post. Em breve farei um post descrevendo este procedimento para instalação do RetroPie em um PC convencional.

retropielogo

Voltando ao RetroPie, se trata de um projeto bastante interessante criado para disponibilizar uma série de emuladores de consoles e  computadores antigos em uma única plataforma, utilizando uma interface bastante intuitiva  e de simples utilização, disponibilizando uma quantidade enorme de emuladores de consoles como os da Atari, Sega, Nintendo, Sony e computadores como Macintosh, ZX Spectrum, Amiga, Apple II, Commodore 64 entre outros. Veja a lista completa de emuladores disponíveis aqui.

Com o RetroPie você pode jogar novamente clássicos de quase todos os sistemas já lançados, porém com o Raspberry Pi Zero não é possível ter uma boa performance nos emuladores de consoles mais potentes. Nos bem antigos como, por exemplo, Atari, Nes, Master System, Mega Drive e Super NIntendo o desempenho é bem satisfatório, nos demais o ideal é obter uma versão mais potente do Raspberry Pi. No site do projeto a recomendação para se ter uma melhor performance é a versão 3, Model B.

Então vamos montar o console retrô com o Raspberry Pi Zero 1.3. Vejam abaixo as características da placa:

raspberry-pi-zero

  • 1GHz, Single-core CPU
  • 512MB RAM
  • Mini-HDMI port
  • Micro-USB OTG port
  • Micro-USB power
  • HAT-compatible 40-pin header
  • Composite video and reset headers
  • CSI camera connector (v1.3 only)

img_8596

Hardware necessário

Obviamente além do Raspberry Pi, precisamos dos seguintes itens de Hardware para montar o console retrô:

  • Cartão MicroSD, vejam aqui os modelos compatíveis, eu utilizei um de 16 GB
  • Leitor de Cartão MicroSD, utilizado para a instalação do RetroPie
  • Cabo HDMI
  • Adaptador Mini HDMI (Se o cabo HDMI já tiver uma das pontas MiniHDMI, desconsiderem)
  • Adaptador Micro USB
  • Televisão ou monitor com porta HDMI
  • Fonte de 5V 2A Micro USB, para alimentação do Raspberry, um carregador de celular, por exemplo
  • Hub USB
  • Pen Drive vazio para transferir as ROMs
  • Joystick USB, por exemplo, os do PS3 e XBOX 360 funcionam bem como outros modelos USB ou um teclado e mouse

Instalação do sistema

 

Para fazer a instalação do RetroPie no cartão MicroSD será necessário um computador com Windows, Linux ou Mac.

Estão disponíveis duas versões do sistema RetroPie, uma voltada para o Raspberry Pi 0/1 e outra para o Raspberry Pi 2/3. A release mais nova é a 4.1 e  download da imagem deve ser feito em https://retropie.org.uk/download/ 

Após o download descompacte o arquivo retropie-4.1-rpi1_zero.img.gz, seja via Shell no Linux via gunzip ou no Windows utilizando um programa, como por exemplo, o 7-Zip, que eu recomendo e utilizo diariamente.

No meu caso, utilizei o programa Win32DiskImager, recomendado no próprio site do projeto, em uma máquina com Windows para instalar o RetroPie no Cartão MicroSD. O procedimento é bem simples. Vejam abaixo:

Como o Win32 Disk Imager aberto, em Image File, selecione o arquivo de imagem do RetroPie que foi previamente baixado e descompactado. Ao lado, em Device, selecione o cartão MicroSD que deve estar conectado ao PC com Windows, certifique-se que a unidade  correspondente está correta e clique em Write. O cartão MicroSD será formatado e o RetroPie instalado.

win32diskimager2

Agora conecte o cartão de memória ao Raspberry Pi e ligue a placa.

Em Welcome, devemos configurar o Joystick plugado no Raspberry, no meu caso utilizei o do XBOX 360, sem dúvida o meu preferido. Pressione qualquer tecla por alguns segundos e o processo de configuração iniciará. Feito isso será apresentada a interface do EmulationStation, onde poderemos selecionar qual sistema vamos utilizar e qual jogo vamos jogar. De imediato nenhum sistema é disponibilizado pois as roms dos jogos devem ser adicionadas às pastas dos sistemas para posterior visualização.

Tranferindo as roms para o RetroPie

As roms podem ser transferidas via rede ou através de um PenDrive USB. Neste post vou demonstrar o processo via PenDrive pois o Raspberry Pi Zero que eu recebi não vem com adaptador WI-FI e eu não estou com uma interface de rede USB disponível no momento.

Para copiar as roms via Pendrive siga os passos abaixo:

  1. Formate o pendrive que você disponibilizou para esta finalidade, com FAT32 ou NTFS. Eu utilizei um SanDisk de 16 GB formatado com FAT32.
  2. Crie uma pasta chamada retropie neste Pendrive
  3. Conecte o Pendrive no HubUSB ligado ao Raspberry e deixe conectado por alguns poucos minutos para que seja criada a estrutura abaixo da pasta retropie criada no passo anterior. Caso o Pendrive possua led, aguarde o led parar de piscar
  4. Conecte o Pendrive no PC novamente e adicione as roms nas pastas correspondentes aos sistemas abaixo de retropie/roms retropieroms
  5. Conecte o pendrive novamente ao Raspberry e aguarde a cópia das roms
  6. Reinicie o Retropie e os emuladores e jogos que você copiou estarão disponíveis. Lembrem-se que a cada vez que este procedimento de cópia do Pendrive para o Raspberry for feito, o sistema deve ser reiniciado.

Agora é só aproveitar e jogar os games clássicos!

Review Gemini – Elimine arquivos duplicados no seu Mac OS

Olá pessoal,

Eu venho indicando algumas ferramentas para manutenção e otimização de equipamentos com o Mac OS e gravei um vídeo sobre o excelente Gemini da MacPaw, que faz uma varredura no equipamento em busca de arquivos duplicados o que possibilita uma otimização no espaço em disco do seu equipamento.

Vejam abaixo:

Para maiores informações e download, cliquem aqui.

Review CleanMyPC – Ferramenta para otimização de equipamentos com Windows

Olá pessoal,

Mais uma indicação de ferramenta para otimização de PCs com Windows. Se trata do CleanMyPc da MacPaw, que é similar ao CleanMyMac, que faz a varredura no sistema em busca de componentes que possam ser removidos e desinstalados de forma a tornar o PC mais performático. Eu gravei um vídeo sobre a ferramenta e compartilho aqui com vocês.

Existe uma versão gratuita do CleanMyPC, porém para obter todas as funcionalidades deve ser ativada a licença.

Cliquem aqui para download e informações.

Apple disponibiliza iOS 10.2

Olá pessoal,

A Apple disponibilizou a versão 10.2 do iOS que traz uma serie de recursos novos além de melhorias na estabilidade do sistema e correção de erros. Maiores informações aqui.

Eu já fiz a atualização no iPhone e no iPad e notei uma sensível melhora na performance.Vejam abaixo a lista de itens que estão disponíveis no iOS 10.2.

TV (apenas EUA)

  • Use Up Next para ver os filmes e programas sendo assistidos e continue de onde parou;
  • Obtenha recomendações de novos filmes e programas de TV em Watch Now;
  • Descubra novos apps e os lançamentos mais recentes do iTunes em Store;
  • Acesse suas compras e aluguéis do iTunes em Library.

Emoji

  • Emojis belamente redesenhados que revelam ainda mais detalhes;
  • Mais de 100 novos emojis foram adicionados, incluindo novos rostos, comidas, animais, esportes e profissões.

Fotos

  • Melhora a estabilização e apresenta uma taxa de projeção mais rápida em Live Photos;
  • Melhora a precisão no agrupamento de fotos similares da mesma pessoa no álbum Pessoas;
  • Corrige um problema onde as Memórias poderiam gerar uma memória de fotos de capturas de tela, quadros brancos ou recibos;
  • Corrige um problema onde a o zoom da câmera continuava ampliado após voltar do Rolo da Câmera no iPhone 7 Plus;
  • Suporte adicional para câmeras digitais RAW.

Mensagens

  • Adiciona novos efeitos de tela cheia de amor e comemoração no Mensagens;
  • Corrige um problema que às vezes impedia que o teclado fosse exibido no Mensagens.

Música

  • Passe o dedo para cima na tela Reproduzindo Agora para acessar Aleatório, Repetir e Seguintes mais facilmente;
  • Escolha como ordenar Playlists, Álbuns e Músicas na Biblioteca.

News

  • Histórias salvas para mais tarde agora aparecem na seção Saved;
  • As melhores histórias pagas de canais assinados aparecem agora em uma seção dedicada a isso em For You;
  • Agora é ainda mais fácil ir para a história seguinte: passe o dedo à esquerda ou toque em Next Story ao ler.

Mail

  • Corrige um problema que fazia com que a folha Mover fosse mantida após arquivar uma mensagem do Mail;
  • Aborda um problema com a ativação para copiar e colar ao pressionar por mais tempo no Mail;
  • Corrige um problema onde a mensagem errada era selecionada após apagar uma conversa do Mail.

Acessibilidade

  • Adiciona suporte ao BraillePen14 no VoiceOver;
  • Corrige um problema onde a tabela de braille poderia ser alternada inesperadamente com o VoiceOver;
  • Corrige um problema onde, às vezes, as vozes aprimoradas da Siri ficavam indisponíveis no VoiceOver;
  • Corrige um problema onde usuários do VoiceOver não podiam reordenar itens em listas;
  • Corrige um problema onde o Controle Assistivo, ocasionalmente, não podia apagar Voicemails.

Outras melhorias e correções

  • Adiciona suporte à notificação de acessórios do HomeKit, incluindo sensores de cortinas e persianas, ocupação, movimento, porta/janela, fumaça, monóxido de carbono e vazamento de água;
  • Adiciona suporte à notificação de acessórios do HomeKit quando atualizações de software estão disponíveis para acessórios do HomeKit;
  • Melhora o desempenho e a conectividade do Bluetooth com acessórios de terceiros;
  • Corrige um problema que poderia fazer com que participantes do FaceTime aparecessem fora de foco;
  • Corrige um problema que poderia fazer com que ligações FaceTime aparecessem com a proporção e orientação incorretas;
  • Corrige um problema que impedia que alguns Visual Voicemails fossem reproduzidos completamente;
  • Corrige um problema do Leitor do Safari que poderia fazer com que artigos fossem abertos com páginas vazias;
  • Corrige um problema que poderia fazer com que o Safari encerrasse inesperadamente após marcar um item como lido na Lista de Leitura.

O procedimento para atualizar está descrito aqui.

Exportar informações das impressoras no Windows utilizando PowerShell

Olá pessoal,

Eu tive uma necessidade em um cliente de obter as informações referentes às impressoras configuradas nas estações de trabalho com Windows. Utilizando o PowerShell, podemos obter essa informação de uma forma simples e ainda gerar um arquivo *.csv para documentação utilizando a sintaxe abaixo:

Get-Printer | select Name, DriverName, PortName

powershellprinters

Para gerar o arquivo *.csv para documentar as impressoras execute:

Get-Printer | select Name, DriverName, PortName | Export-Csv Impressoras.csv -NoTypeInformation

Para facilitar, salve a sintaxe em um arquivo (ex: impressoras.ps1) e guarde o script.

Dell investe em projeto pioneiro de IoT no Brasil para controle da produção de computadores

  • O projeto desenvolvido no Brasil utiliza o Dell Edge Gateway 5000 para tomar decisões de controle de qualidade em tempo real, na linha de montagem, utilizando câmeras de vídeo e conexões com bancos de dados da companhia, devendo ser replicado para outras fábricas de equipamentos da marca ao redor do mundo
  • Iniciativa já aumentou em 20% a eficiência do processo de auditoria de qualidade na fábrica da Dell de Hortolândia

deeltechnologies

A Dell Technologies – maior empresa de TI de capital privado do mundo – acaba de implementar um projeto pioneiro no Brasil, baseado no uso de Internet das Coisas (IoT) para aperfeiçoar o processo de controle de qualidade na produção de computadores na fábrica da empresa, localizada em Hortolândia (SP). A iniciativa, que aumentou em 20% os índices de eficiência da área responsável pela auditoria dos equipamentos, deve ser replicada para outras unidades fabris da empresa ao redor do mundo.

Leia mais deste post

Participação no evento de Lançamento do Windows Server 2016 & System Center 2016 no RJ

No último dia 29/11, eu e Ricardo Pedroza, que trabalha comigo, participamos do evento “O Futuro dos Servidores: Lançamento do Windows Server 2016 & System Center 2016” a convite da Dell. O evento foi realizado na sede da Microsoft aqui no Rio de Janeiro e eu tive o prazer de reencontrar o amigo de longa data Fabio Hara, especialista da Microsoft e um dos palestrantes.

Pudemos conhecer as tecnologias de datacenter da Dell EMC integradas com Windows Server & System Center em uma sessão exclusiva e para poucas pessoas. Seguem abaixo algumas fotos.

Review CleanMyMac 3 – Ferramenta essencial para otimização de equipamentos com Mac OS

Olá pessoal,

você possui um Mac ou trabalha com consultoria a equipamentos Apple com Mac OS instalado? Então não pode deixar de conhecer o indispensável CleanMyMac 3, um utilitário desenvolvido pela MacPaw que faz a varredura e limpeza de itens no sistema deixando o seu Mac com um desempenho aprimorado e com a manutenção em dia.

cleanmymac

Eu gravei um vídeo fazendo uma rápida demonstração desta ferramenta simples e que deve fazer parte do kit de todo Técnico/Consultor de TI que pode inclusive gerar oportunidades de negócios vendendo a ferramenta como parte do serviço de manutenção. Eu utilizei o meu MacBook Pro com o Mac OS Sierra 10.12.1 Vejam abaixo as especificações e o vídeo:

macossierra

O CleanMyMac 3 pode ser obtido de forma gratuita, porém para obter todas as funcionalidades será necessária a aquisição da licença.

Cliquem aqui para download e maiores informações.