Fábrica da Dell em Hortolândia comemora 10 anos com a marca de 12 milhões de equipamentos produzidos

A unidade de Hortolândia atende todo o território nacional e foi pioneira no uso de Internet das Coisas para aperfeiçoar o processo de controle de qualidade na fabricação de equipamentos

DeelTechnologiesA Dell Technologies – família única de negócios que fornece a infraestrutura essencial para as organizações construírem o futuro digital e transformarem a TI – comemora os dez anos de sua fábrica localizada em Hortolândia (SP), com a conquista da marca de 12 milhões de equipamentos produzidos. Na planta, que atende todo o território nacional, são fabricados: computadores (desktops, notebooks, all-in-ones, workstations e equipamentos 2 em 1), servidores e soluções de armazenamento (storage).

A Dell foi uma das primeiras fabricantes de computadores a investir em fabricação nacional. Em 1999, a empresa inaugurou uma unidade fabril na sede da companhia, em Eldorado do Sul (RS), e quase oito anos depois, em 2007, migrou toda a operação para a cidade de Hortolândia, onde hoje produz PCs, servidores e soluções de armazenamento para atender usuários domésticos e empresas de todo o território nacional.

“Atingir a marca de 12 milhões de equipamentos produzidos no país reforça o compromisso da Dell com o mercado brasileiro, que é um dos principais mercados para a companhia no mundo”, afirma Claudionor Silva, Diretor Executivo de Operações da Dell Brasil. “Hoje, a produção da nossa fábrica consegue atender a todo o mercado interno. Graças à produção local em Hortolândia, temos agilidade e flexibilidade para atender o mercado nacional, o que representa uma importante vantagem competitiva”, completa.

Projeto de IoT

A fábrica da Dell de Hortolândia foi escolhida para implementação de um projeto pioneiro no mundo, baseado no uso de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês), para melhorar o processo de controle de qualidade na produção de computadores. A iniciativa, que está em funcionamento desde dezembro de 2016, aumentou em 20% os índices de eficiência da área responsável pela auditoria dos equipamentos e servirá como modelo a ser replicado em outras unidades fabris da Dell ao redor do mundo.

No projeto, câmeras de vídeo instaladas na linha de produção fazem a leitura, em tempo real, da etiqueta de identificação dos computadores e encaminham os dados para um gateway de Internet das Coisas, que consulta automaticamente as especificações técnicas das unidades produzidas no banco de dados da Dell e, por meio de scripts de análise, define quais unidades devem ser submetidas aos testes de qualidade. Em seguida, é enviado um comando para as esteiras de transporte, que desviam o equipamento para a área de auditoria de qualidade em tempo real, sem atraso na linha. O processo substituiu o método anterior, que era realizado de forma totalmente manual.

“Hoje, a soma de tecnologias de última geração com profissionais capacitados garante que a fábrica de Hortolândia seja uma referência em termos de qualidade de produção”, ressalta Claudionor Silva. Ele lembra que essa capacidade local tem permitido que a planta fabril cresça para atender às novas necessidades da companhia, que hoje tem um portfólio completo de soluções computacionais e de infraestrutura de TI, que atendem desde usuários domésticos a empresas dos mais diversos portes, perfis e segmentos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: