Diário de Uberlândia – Coluna Mundo Tech – 25/08/2019

Olá pessoal,

Segue abaixo a coluna Mundo Tech publicada no último domingo no Jornal Diário de Uberlândia.

Listando os softwares instalados via PowerShell

WindowsPowerShellOlá pessoal,

Um cliente me solicitou uma forma de obter a listagem de softwares instalados em um servidor remoto via script. Existem diversas formas de fazer isso utilizando PowerShell. Eu compartilho abaixo 3 opções de comando que atendem a esta demanda que me foi apresentada.

wmic product get name,version

wmic

Get-WmiObject -Class Win32_Product | Select-Object -Property Name

getwmiobject

gwmi Win32_Product

gwmi

Até a próxima!

27/04 – Global Azure Bootcamp 2019 – Uberlândia/MG

Olá pessoal,

pelo segundo ano consecutivo terei o prazer de participar da edição em Uberlãndia/MG do Global Azure Bootcamp. O evento está sendo organizado pelo meu amigo Bruno Maestro e acontecerá no próximo sábado (27/04), a partir das 8:30, no Senac Uberlândia, localizado na Avenida Belo Horizonte, 525.

Profissionais de Infra e Dev receberão conteúdo relevante e de qualidade.

As inscrições podem ser realizadas em http://bit.ly/bootcamp2019udia

Aguardo todos vocês lá! Até sábado!

GLOBALAZURE2019_UBERLÂNDIA

Live Migration de máquina virtual no Hyper-V via PowerShell

WindowsPowerShellOlá pessoal,

Devido a necessidade de um cliente eu precisei automatizar o processo de Live Migration de máquinas virtuais baseadas no Hyper-V/Windows Server. Para isso utilizei os comandos PowerShell abaixo:

Primeiro devemos importar o módulo do Failover Cluster no equipamento onde os comandos serão executados:

Import-Module FailoverClusters

Após isso, para realizar o Live Migration de uma VM utilize:

Get-Cluster “Nome_do_Cluster” | Move-ClusterVirtualMachineRole -Name “Nome_da_máquina_virtual” -Node “Nome_do_nó_do Cluster”

Vejam o exemplo: Get-Cluster SRVCLUS01 | Move-ClusterVirtualMachineRole -Name SRV01 -Node SRVHV01

Será exibida uma barra de status do processo no prompt do PowerShell. Aguarde todo o processo e verifique no nó de destino se o processo ocorreu com sucesso e a máquina virtual está ok.

Até a próxima!

Realizando teste de conexão com um database SQL Server

Olá pessoal,

dica rápida para quem precisa validar/testar as credenciais de acesso a um banco de dados baseado no SQL Server.

A partir do PC/Notebook/Servidor com sistema operacional Windows, de onde será feito o teste de conexão, crie um arquivo txt sem conteúdo com nome, por exemplo, testedeconexao.txt

Renomeie este arquivo *.txt criado para a extensão *.udl, no exemplo então renomeie para testedeconexao.udl

Execute o arquivo testedeconexao.udl e será exibida a tela abaixo.

SQLTest1

Selecione o servidor para o qual deseja realizar o teste, defina as credenciais de acesso e para qual banco a tentativa de acesso será realizada. Após isso clique em Testar conexão.

SQLTest2

Até a próxima!

 

Falha ao acessar compartilhamento no NAS D-Link via Windows 10

Olá pessoal,

Um cliente entrou em contato informando que o mapeamento de rede existente em PC estava indisponível. Acessei o cliente e ao tentar acionar o compartilhamento para reconfigurar o mapeamento a mensagem de erro abaixo era exibida:

WIN10_SMB1

O mapeamento de rede estava criado em um PC com Windows 10 Pro e o compartilhamento é disponibilizado através de um dispositivo de armazenamento NAS da D-link que por sua vez suporta apenas o obsoleto protocolo de compartilhamento SMB1 que vem desabilitado por padrão no Windows 10.

Pois bem, o protocolo foi ativado, o PC reiniciado e o mapeamento refeito.

Para ativar o protocolo, acesse Painel de Controle\Programas\Programas e Recursos e clique em Ativar ou desativar recursos do Windows. Após isso selecione a opção Suporte para compartilhamento de Arquivos SMB 1.0/CIFS e marque as opções abaixo desta categoria conforme imagem abaixo. Após isso reinicie o PC.

WIN10_SMB2

Até a próxima!

Windows 10 – Alterando o perfil de rede de pública para privado via PowerShell

Olá pessoal,

um cliente estava tendo problemas de conectividade entre um notebook com Windows 10 e um computador com Windows 7. Verifiquei o notebook e a conexão de rede estava definida como pública conforme imagem abaixo:

W10ProfileRede01

Para alterar para rede privada, abra o Power Shell como administrador (elevado) e execute o comando Get-NetConnectionProfile para exibir as características da conexão e obter o valor do parâmetro InterfaceIndex, no caso desta interface de rede o valor é 16 conforme imagem a seguir. Notem também que o parâmetro NetworkCategory está definido como Public.

W10ProfileRede02

Para definir a conexão como privada digite o comando abaixo, considerando o parâmetro InterfaceIndex 16, da conexão em questão, execute o comando:

Set-NetConnectionProfile -InterfaceIndex 16 -NetworkCategory Private

Em seguida execute novamente Get-NetConnectionProfile e verifique o parâmetro NetworkCategory agora como Private.

W10ProfileRede03

WSUS Setup Not Completed! Error 0x80070643

Olá pessoal,

Um cliente solicitou uma instalação de WSUS e disponibilizou um servidor Windows Server 2008 R2 para esta demanda. Pois bem, ativei a role, iniciei o setup e ocorreu o erro 0x80070643 impedindo o término do processo.

WSUSSetup1

Verificando o arquivo de log descrito acima identifiquei que o erro acontecia durante o setup do Windows Internal Database.

WSUSSetup2.png

Levantei o histórico da máquina em questão e descobri já havia sido feita uma instalação anterior, ou seja, o Windows Internal Database não foi removido corretamente. Para remover abra um prompt de comando e execute:

  • Em sistemas 32-bits: msiexec /x {CEB5780F-1A70-44A9-850F-DE6C4F6AA8FB} callerid=ocsetup.exe
  • Em sistemas 64-bits: msiexec /x {BDD79957-5801-4A2D-B09E-852E7FA64D01} callerid=ocsetup.exe

Além disso, desinstale se houver alguma versão do .NET Framework 4.6 ou superior.

Após realizar os procedimentos acima, reinicie o servidor e habilite a role do WSUS que desta vez ocorrerá com sucesso.

Active Directory – Evento 4 – KRB_AP_ERR_MODIFIED – Refazendo canal seguro entre DCs

Olá pessoal,

Em um cliente de porte médio, Active Directory com dois Domain Controllers (Windows Server 2008 R2), ocorreu um incidente em que algumas estações de trabalho pararam de receber as politicas aplicadas nas GPOs, não mapeavam as pastas da rede e impressoras e não carregava o papel de parede.

Verifiquei que realmente estava ocorrendo falha, primeiro tentando forçar as políticas (gpupdate /force) e depois verificando quais políticas estavam sendo aplicadas (gpresult /R) em ambos os casos ocorreu falha.

Verificando os domain controllers (dcdiag) identifiquei que houve falha na replicação e evento ID 4 no log de um dos servidores identificando falha na conectividade via Kerberos entre o DCs onde o ticket emitido pelo servidor que contém as FSMOs (para identificar utilize netdom query fsmo) não estava sendo descriptografado pelo outro servidor devido à conta associada ao servidor (neste caso Administrator) estar divergente.

EVENTID4.png

Para corrigir e refazer o canal seguro entre os servidores executem os passos abaixo:

  • No servidor (vamos considerar Servidor2) que está com falha no sincronismo, pare o serviço KDC com o comando net stop KDC
  • Agora será necessário redefinir a conta e a senha do controlador de dominio no Servidor2 utilizando o comando netdom /resetpwd /server:Servidor2 /userd:dominio.com.br\administrator /passwordd:xxxxxxxxx
  • Force uma sincronização do domínio utilizando repadmin /syncall
  • Inicie o serviço KDC no Servidor2 com o comando net start KDC
  • Reinicie os servidores e o canal de segurança estará refeito

WinUtilities – Limpeza e manutenção de máquinas com Windows

Olá pessoal,

mais uma dica de ferramenta útil para nós que trabalhamos com suporte e consultoria de TI, desta vez mais especificamente para quem atua prestando manutenção preventiva e corretiva em PCs e Notebooks com Windows.

A ferramenta de hoje se chama WinUtilities e além de ser gratuita disponibiliza uma série de opções para otimizar e limpar PCs com sistema operacional Windows, corrigindo problemas de lentidão, removendo elementos indesejáveis como aplicativos, malwares, spywares, remover itens não necessários no registro, além de resquícios de softwares já removidos. O WinUtilities também tem um utilitário bem interessante que faz uma varredura nas partições e monta um relatório com a visão da utilização do espaço em disco pelas pastas e arquivos.

Sem dúvida alguma o WinUtilities deve fazer parte do kit de ferramentas de todo técnico/analista/consultor de suporte.

Download e informações aqui.