Obtendo informações do processador com o CoreInfo

Conforme comentei ontem, na sessão sobre Virtualização com Hyper-V no Windows 8/8.1 no Quintas da TI, o CoreInfo é uma ferramenta bem interessante, desenvolvida por Mark Russinovich e deve ser utilizada para a obtenção de informações detalhadas a respeito do processador do equipamento.

Execute CoreInfo na Linha de comando para que todas as informações sejam exibidas, inclusive as referentes a suporte a Virtualização. 

Coreinfo

Para exibir informações específicas, execute de acordo com as opções abaixo.

coreinfo [-c][-f][-g][-l][-n][-s][-m][-v]
-c Dump information on cores.
-f Dump core feature information.
-g Dump information on groups.
-l Dump information on caches.
-n Dump information on NUMA nodes.
-s Dump information on sockets.
-m Dump NUMA access cost.
-v Dump only virtualization-related features including support for second level address translation.
(requires administrative rights on Intel systems).

Para saber mais sobre e fazer o Download do CoreInfo, acesse aqui.

Podcast 26 – Histórias de TI

podcast26final

Pessoal,

Neste podcast sensacional consegui reunir um time de feras de TI para contar as histórias engraçadas que todos viveram ao longo de suas carreiras. Estiveram comigo Alexandro Prado, Carlos Finet, Carlos Lauff, Rafael Bernardes e Igor Humberto, todos com histórias hilárias e que valem a pena ouvir.

 

BGS 2014 de 08 a 12/10

Ola pessoal,

está chegando a Edição 2014 da Brasil Game Show, a maior feira de Games da América Latina que será realizada de 08 a 12 de Outubro no Expo Center Norte em São Paulo. Neste ano estarei presente cobrindo a feira. Garanta logo seu ingresso!

Maiores informações em http://www.brasilgameshow.com.br/

BGS2014

 

Podcast 25 – Sobre o ConSupNeTI

podcast25finalNeste Podcast, conversei com o Cid M. Sobrinho, sobre o Consupneti – 1º Congresso Nacional Online 100%, idealizado por ele. Estarei participando também do evento conforme Banner abaixo. Não deixem de ouvir!

paulo-extra

Roadmap das Certificações Comptia

Para quem tem dúvidas a respeito das certificações disponiveis para cada área de atuação na TI, recomendo a IT Certification Roadmap, ferramenta disponibilizada pela Comptia, que exibe de acordo com a categoria, os títulos separados por grau de conhecimento e níveis. O interessante é que ferramenta não aborda apenas as Certificações da própria Comptia, bem como as oferecidas por demais fabricantes e organizações.

A utilização é bem simples e intuitiva, bastando clicar em uma ou mais áreas de atuação, que será traçado o caminho das certificações para aquela carreira. Nao deixem de conferir acessando aqui.

ComptiaSobre a CompTIA

A CompTIA é a voz da indústria de TIC do mundo. Seus membros são as empresas que estão na vanguarda da inovação e os profissionais responsáveis por maximizar os benefícios que as organizações recebem por seus investimentos em tecnologia. A CompTIA é dedicada ao avanço do crescimento da indústria por meio de seus programas educacionais, pesquisa de mercado, eventos de networking, certificações profissionais e defesa de políticas públicas. Para mais informações, visite CompTIA online, Facebook, LinkedIn e Twitter.

Consupneti – 1º Congresso Nacional Online 100%

Pessoal,

Semana que vem, de 18 a 24, será realizado o Consupneti, 1º Congresso Nacional Online de TI, com conteúdo gratuito e temas bem interessantes. As inscrições podem ser feitas aqui.

Participem! Eu também estarei aplicando uma palestra no Congresso. 

fundoAzul-todos

28/08 – Palestra no Quintas da TI sobre Virtualização no Windows Server 2012 R2

Ola pessoal,

no dia 28 deste mês estarei com meus amigos e também MVPs Alexandro Prado e André Luiz aplicando a palestra “Recursos avançados de virtualização no Windows Server 2012 R2″ pelo evento Quintas da TI, promovido pelo MVP Eduardo Sena.

Esperamos vocês.

Folder Recursos avançados de virtualização no Windows Server 2012 R2

 

Mulheres X homens no mercado de TI

Segue interessante release sobre mercado de trabalho de TI e Certificações publicado pela Comptia. Agradeço à Eliane Carvalho da Carvalho Comunicação pelo envio da matéria.

Mulheres X homens no mercado de TI

 Embora a indústria de TI apresente grandes oportunidades profissionais, as mulheres ainda são mal representadas no setor.

São Paulo, 29 de julho de 2014. Para qualquer um que considere uma carreira em TI, caminhos e oportunidades de emprego são abundantes. No entanto, as mulheres só contam com 24% das ocupações. Para conhecer mais sobre esse cenário a CompTIA realizou 2nd  Annual IT Career Insights, estudo com foco principal na melhor compreensão da importância da certificação e que, como um subproduto do estudo, foram  encontradas algumas semelhanças entre  homens e mulheres profissionais, assim como muitas interessantes diferenças entre os dois.

Na verdade, o estudo confirma que significativamente mais homens (69%), profissionais de TI, tinham a certeza que queriam uma carreira na área de TI antes de começar sua vida profissional, em comparação com 62% das mulheres. Em geral, a maioria dos profissionais de TI está muito satisfeita com o seu trabalho, semelhante ao ano passado. Uma taxa de apenas 5% dos profissionais está muito insatisfeita com a posição atual. Curiosamente, as mulheres profissionais de TI relatam significativa maior satisfação com 41% muito satisfeitas versus 30% dos homens que estão altamente satisfeitos.

Algumas áreas relacionadas a empregos de TI onde mulheres relatam notavelmente avaliações superiores do que suas contrapartes masculinas:

  • 79% das mulheres profissionais de TI acreditam que seu trabalho lhes proporciona uma sensação de realização pessoal; contra 70% dos homens;
  • 73% das mulheres acreditam que seu trabalho faz bom uso de suas habilidades/talentos; maior do que os homens (65%);
  • 73% das mulheres dizem que seu empregador adequadamente apóia os seus esforços de desenvolvimento profissional; em comparação com 64% dos homens;
  • 72% das mulheres acreditam que seu trabalho proporciona-lhes a oportunidade de crescer e se desenvolver; em comparação com 61% dos homens;
  • 72% das mulheres dizem que têm os recursos e ferramentas necessárias para fazer o trabalho bem; mais elevadas do que os homens, em 68%;
  • 71% das mulheres acreditam que são devidamente reconhecidas por suas contribuições no trabalho; mais do que homens (61%);
  • 71% das mulheres estão satisfeitas com sua remuneração e benefícios; contra 60% dos homens.

Por outro lado, existem algumas áreas onde homens e mulheres se sentem da mesma forma, por exemplo:

  • 82% das mulheres profissionais de TI acreditam que desempenham um papel valioso na sua organização; praticamente o mesmo que 79% dos homens;
  • 70% das mulheres acreditam que irão desempenhar um papel valioso na sua organização, nos próximos 12 meses; Não é significativamente diferente dos homens (65%);
  • 31% das mulheres estão preocupadas com a falta de recursos para fazer o seu trabalho de forma eficaz; o mesmo que os homens (30%).

O nível de satisfação no trabalho é provavelmente o culminar de muitos elementos. Duas peças-chave na abordagem de satisfação dos empregados estão identificando: 1) o que têm os trabalhadores de preocupações, e 2) que recursos ou apoio iriam ajudá-los a realizar o seu trabalho mais eficiente ou eficaz.

Falta de recursos e tecnologia vem em primeiro lugar da lista de preocupações entre profissionais de TI em geral. Um pouco surpreendente, a mesma percentagem de mulheres como homens profissionais citam a falta de um “equilíbrio entre trabalho e vida” como uma preocupação (24% cada).

As preocupações profissionais expressam certamente os itens da lista de desejos. Quando perguntadas a considerar maneiras que ajudam a realizar seu trabalho mais eficaz ou eficiente, mais recursos para o desenvolvimento da formação profissional (55% das mulheres e 51% dos homens) e mais tempo para trabalhar com novas tecnologias surgem no top (58% das mulheres, significativamente mais do que os 51% dos homens). Além disso, muitos profissionais de TI querem trabalhar como autônomos, como uma forma de conseguir mais oportunidades de avanço de carreira (47% das mulheres e 40% dos homens).

Estes resultados implicam que os profissionais de TI querem assumir um papel ativo na gestão de suas carreiras, construir suas habilidades e ficar à frente de novas tecnologias.

Os resultados do estudo também sugerem que, enquanto muitas empresas ainda não investem em desenvolvimento profissional e treinamento, parece que fizeram algum progresso do ano passado pra cá. Pelo menos este parece ser o caso com os profissionais de TI. Ao estudar uma mistura de funcionários (por meio de todas as profissões, grupos etários, etc.) os dois primeiros itens indicam que os entrevistados aumentariam a satisfação com seu trabalho com mais apoio para o desenvolvimento da formação profissional e mais oportunidades de avanço de carreira.

A maioria dos profissionais de TI reconhecem a importância  do treinamento para suas funções de trabalho atual ou futura. Entre aqueles que começaram a sua carreira em TI, o plano da grande maioria (94%) é estudar pelo menos em uma área para melhorar suas habilidades de TI. Embora, consideravelmente mais homens (95%) têm planos para mais uma formação nos próximos dois anos contra 90% de mulheres. Mais da metade do total espera exercer atividades na área de segurança, e um quarto ou mais foca em redes/infra-estrutura, cloud computing, servidores, virtualização e suporte técnico.

Para quem quer começar ou avançar em uma carreira de TI, a certificação é certamente um veículo. De acordo com este estudo, quase 2/3 (66%) de profissionais de TI no geral sustentam que a certificação CompTIA  melhora o currículo. Melhorar as oportunidades de emprego é uma das principais razões que os levou a buscar  a certificação (69% das mulheres, mesmo que 65% dos homens).

As mulheres especialmente usam a certificação CompTIA para ajudar a crescer sua carreira e indicam ser recompensadas ou reconhecidas por se tornar certificada mais frequentemente do que homens:

  • 66% das mulheres profissionais de TI que detêm uma certificação CompTIA dizem que construir novas habilidades e desenvolvimento pessoal foram as principais razões que as levou obter a certificação; contra 54% dos homens;
  • 55% das mulheres que detêm uma certificação CompTIA dizem que o avanço profissional e o aumento de salários e benefícios foram as principais razões que as levou a obter a certificação, em comparação com apenas 42% dos homens;
  • 52% das mulheres que detêm uma certificação CompTIA dizem que a preparação para uma mudança de carreira ou de emprego é a principal razão que as levou a obter a certificação; contra apenas 43% dos homens;
  • 79% das mulheres acreditam que sua certificação CompTIA é valiosa, mais que 69% dos homens.

Todo profissional é beneficiado com o aumento de conhecimento para a progressão na carreira. Porém, no mercado de TI, o trabalhador deve permanecer à frente da curva no seu campo ou corre o risco de suas habilidades, tornarem-se obsoletas. Posteriormente, enquanto o desenvolvimento profissional pode ajudar a um empregado a subir a escada da carreira, também ajuda na segurança. Os empregadores que investem em esforços de desenvolvimento profissional de seus funcionários vão colher as recompensas.

O 2º estudo de anual que carreira Insights da CompTIA foi desenvolvido com 2.107 profissionais de TI em quatro países principais, incluindo o Canadá, África do Sul, Reino Unido e Estados Unidos. Os dados acima salientados foram recolhidos por meio de um levantamento quantitativo on-line, realizado em abril de 2014.

Visite Advancing Women in IT Community, ou Creating IT Futures Foundation.

Sobre a CompTIA

A CompTIA é a voz da indústria de TIC do mundo. Seus membros são as empresas que estão na vanguarda da inovação e os profissionais responsáveis por maximizar os benefícios que as organizações recebem por seus investimentos em tecnologia. A CompTIA é dedicada ao avanço do crescimento da indústria por meio de seus programas educacionais, pesquisa de mercado, eventos de networking, certificações profissionais e defesa de políticas públicas. Para mais informações, visite CompTIA online, Facebook, LinkedIn e Twitter.

Participação na RadioCDH – Programa 38

radiocdhTive o prazer de participar do Programa 38 da RádioCDH, podcast do Clube do Hardware. Bati um papo com o Gabriel Torres, editor do site, a respeito das Certificações em TI, onde pude falar um pouco sobre a sua validez e aceitação no mercado, algumas dúvidas comuns e também recomendamos algumas. Recomendo a todos que ouçam, ficou bem interessante o podcast.

Para ouvir o Programa 38 acessem aqui.

Podcast 24 – Novo livro de Redes do Gabriel Torres

Neste Podcast, bati um papo rápido com o grande Gabriel Torres, Editor do site Clube do Hardware e autor de 24 livros e um dos maiores especialistas em Informática no Brasil, sobre do seu mais novo livro “Redes de Computadores – Versão Revisada e Atualizada” lançado em Maio deste ano pela Editora Nova Terra.

Sem duvida alguma mais um livro do Gabriel que deve fazer parte da biblioteca técnica de todo profissional de Informática. Não deixem de ouvir o podcast e também comprar o livro.

 

 

 

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 662 outros seguidores