Entrevista da semana: Vinicius Perrott (Papo.Cloud)

Olá pessoal,

após um longo tempo voltarei a publicar entrevistas com profissionais de destaque no mercado de TI e que estejam realizando algum projeto ou iniciativa que esteja fazendo a diferença e agregando conteúdo relevante e de qualidade para nós profissionais da área.

Para recomeçar em grande estilo, nesta semana eu entrevistei meu amigo Vinicius Perrott, Palestrante e Consultor em Cloud Computing e idealizador do projeto Papo.Cloud.

Vinicius

1 – Como surgiu o seu interesse por computadores e como você começou na área de TI?

Sempre gostei de desmontar coisas eletrônicas (rádio de pilhas, carros de controle remoto, vídeo games) para saber como funcionavam, bem, nem sempre conseguia remonta-los (risos).

Meu irmão mais velho tinha feito um curso de LOTUS 123 e quando eu li a apostila fiquei enlouquecido e voltei a desmontar os vídeos games e os televisores: – Eu acreditava que poderia fazer meus próprios jogos remontando os componentes de outra formar, e isso com uns 8 anos de idade (muita loucura, RISOS).

Depois de alguns anos, não lembro ao certo, meu irmão fez um outro curso, – Introdução a Windows, Word, Excel, PowerPoint e INTERNET, e esse, fizemos juntos. Na primeira aula já formatei o Windows (fiz uso do conhecimento que tinha lido no LOTUS 123 e um minidicionário de informática que meu pai tinha comprado), o professor ficou espantado e me entregou toda a apostila do curso para eu ir lendo. Nas próximas aulas eu só navegava na internet (não tínhamos computador em casa, então aproveitava cada minuto para navegar e tirava as dúvidas do meu irmão e dos outros alunos sobre os outros assuntos).

Um tempo mais tarde, fiz um curso de manutenção de micro (queria muito o curso de Web Designer – conhecido como WEB MASTER, mas era bem mais caro e meus pais não tinha como pagar).

Nessa época já tínhamos um PC em casa e já dava conto do recado (manutenção, instalação de impressoras, jogos e fazia algumas páginas da internet), aprendi HTML copiando os sites da MTV Brasil e da Blizzard.

Bem… para não ficar longo, depois de muitos outros cursos, livros, revistas e estudos eu só comecei a trabalhar com informática apenas quando sair de casa aos 20 anos.

2 – Fale um pouco sobre o seu trabalho e projetos atuais.

Trabalho como consultor em soluções de TI em um parceiro de vários fabricantes, e a vertente que atuo é Microsoft no programa de P-Seller de Soluções focado em vendas.

Desenvolvo projetos, apresentações, estudos de casos para clientes governo e privado, com um direcionamento em solução, licenciamento e objetivos de negócios com um foco maior em Cloud Computing com o Microsoft Azure e Office 365, porém sem deixar de lados soluções fundamentais em infraestrutura (AD, DNS, Hyper-V, etc).

Tenho vários projetos uns mais avançados outros apenas como lazer e entretenimento, mas, um projeto que me dedicado mais é o Papo.Cloud, um blog que desenvolvo resenhas sobre oportunidades, negócios e Cloud Computing, de forma bem descontraída (costumo dizer que é um trabalho bem artesanal) e uso diversos lugares para fazer os conteúdos, usando apenas a câmera do celular, um fone de lapela e sem cortes ou edição (risos).

Participo como voluntário na ONG MTAC – Multi-Platform Audience Contributor, que é uma ONG com vários especialistas espalhados pelo Brasil e em alguns países. Tenho um foco maior em projetos que transforma pessoas através da TI e um grande caso de sucesso no HCP – Hospital do Câncer de Pernambuco (um dia conto com mais detalhes esse projeto).

3 – Você possui alguma certificação? Qual são as suas especialidades?

Minha história com certificações quase começou de forma mais convencional (primeiro um Windows Server depois umas certificações de clientes), porém minha primeira prova foi ainda quando estava na faculdade sendo a 70-656 TS: Microsoft Desktop Optimization Pack, Configuring, está tendo uma promoção na Microsoft e alguns voucher para a prova estavam disponíveis, como não tinha grana para pagar por provas comecei a estudar pra essa.

Depois de algum tempo fiz algumas trilhas em MCTS, MCITP, MCSA e MCSE.

Fui instrutor MCT por 5 anos, um outro orgulho e costumo dizer que peguei ainda um pouquinho da era de ouro de cursos oficiais Microsoft, turmas lotadas e muito conteúdo compartilhado, cursos finais de semana, durante a semana a noite, se junta-se dois ou 3 eu já estava abrindo um MOC (risos), foi um período bem divertido, tive alunos que hoje são grandes amigos, muita história para contar, uma delas foi que no meio do curso um aluno meu descobriu que seria pai de gêmeas –  cara que felicidade e foi uma festa a turma!

Sempre com um foco em System Center, virtualização, datacenter e licenciamento.

A única certificação não Microsoft que tenho hoje é a CompTIA Cloud Essentials, que recomendo muito para qualquer área não só para TI, mas como outros setores da empresa.

4 – Qual a importância para você do trabalho junto à comunidade técnica?

Gratidão! Sou grato por todos os MVPs, MSPs, palestrantes que criam e compartilha conteúdos, sem eles não teria chegado onde cheguei.

Por isso que tenho um compromisso em poder sempre participar, compartilhar com a comunidade, pois nunca sabemos quem iremos ajudar.

Tenho um carrinho muito especial com o programa S2B – Students to Business, fui aluno da primeira edição (2007.2) e fui um aluno muito aplicado tirando o segundo lugar como melhor projeto de infraestrutura (não trabalhava com servidores nessa época, apenas com suporte a microcomputadores), depois tive a oportunidade de ser instrutor em 3 turmas (um orgulho total, e tenho todos os diplomas como instrutor) e participei como avaliador de banca dos projetos em umas 6 turmas.

Por esses e outros motivos admiro todos quem se dedica em construir um conteúdo de qualidade para compartilhar com quem nem ao menos sabemos quem são.

Muitas das vezes não consigo compartilhar diretamente com algum artigo ou vídeo, mas compartilho conteúdos e indico sempre um material de alguém que fez e sei que pode ajudar outra pessoa.

Já participei de evento apenas recebendo e colhendo as assinaturas.

Gosto de compartilhar, não me importo para quem, as únicas coisas que sempre peço e um feedback para saber se o conteúdo ajudou em alguma coisa e o que posso melhorar e que compartilhe também para alguém que ele conheça.

5 – Sabemos que a área de TI é bastante dinâmica. Como você faz para manter-se atualizado? Quais revistas, livros, sites ou blogs você recomenda? (mande fotos)

Realmente hoje o mais complicado é poder se manter atualizado com conteúdo de qualidade e relevante, por isso eu criei um método simples (risos), eu chamo de A Liga da Justiça e Esquadrão Suicida do conhecimento (risos e mais risos).

Como funciona?

Classifico o conteúdo conforme os personagens, um conteúdo mais inteligente e líder (Batman e Superman), mas rápido direto e um pouco transformador (The Flash e Irmãos Gêmeos), um conteúdo mais forte porem belo e encantador (Mulher Maravilha) e quando quero um conteúdo que é para explodir a concorrência e ver o circo pegar fogo (chamo o Esquadrão Suicida) muitos RISOS.

E quem são essas pessoas, são todos os MVPs, todos mesmo, pois cada um produz conteúdo com suas diferenças.

Leio muito os sites do próprio fabricante, pois como trabalho com arquitetura para clientes com projetos complexo, não posso errar (tento não errar, mas todos os erros são mitigados e são lições aprendidas para melhor nos próximos projetos).

6 – Conte os equipamentos que você possui e utiliza no seu trabalho. Você possui um Home Lab?

Antes de minha primeira filha nascer tinha um lab bastante completo, dois computadores com 32 GB RAM e CORE i7 e 4 placas de redes Giga Ethernet, Storage iOMEGA de 4 TB, Switch com link aggregation HP, nobreak de 2 KVa (ligava outros equipamentos também), nesse LAB 24 x 7, rodava todos os módulos de System Center, Hyper-V em cluster, entre outros produtos, era com esse LAB que fazia várias demonstrações das soluções em cliente.

Bem… Minha filha nasceu e como o apartamento era pequeno realmente não tinha como ficar com esses equipamentos em casa, e eles viraram um quarto criança (risos).

Hoje uso somente o Azure para estudar e quando tenho que ter algum lab físico eu conto com a ajuda da Liga do Conhecimento que tenha algum equipamento para testar.

7 – Qual o seu sistema preferido? Windows, Linux ou Mac OS?

Uso Windows desde o Windows 95, já usei Linux, mas gosto bastante do Windows 10 e suas facilidades, porem tenho vontade de usar Mac OS, ainda não usei, mas de acordo com alguns membros da Liga do Conhecimento é um caminho sem volta (risos).

8 – Pensando no Brasil, como você vê a maturidade das empresas e dos profissionais de TI na preparação e adoção de tecnologias baseadas em Cloud?

Atuo nas empresas do Norte e Nordeste e posso dizer que vejo de tudo MUITO, vejo empresas com um nível de maturidade corporativa muito melhor que algumas empresas multinacionais e outras empresas que temos que tratar o básico ainda (permissões NTFS versus permissões de compartilhamento de rede), porém vejo muita criatividade boa (e não estou falando de gambiaras), projetos criativos; junte poucos recursos financeiros e pessoas com vontade de acontecer e você verá projetos incríveis, como cadastros de base cruzadas, análise estatísticas e coleta de dados e você verá um painel incrivelmente único e exclusivo.

A adoção de Cloud Computing nessas regiões ainda é um campo a ser explorado e tem muito oportunidade a ser desenvolvida, mas o ciclo de adoção dessas soluções é muito longo, e algumas etapas de maturidade serão pulados direto para Cloud Computing, posso dizer que não arranhamos nem a superfície ainda para as oportunidades em Cloud Computing.

Em relação aos profissionais é complexo de dizer, tem profissional que não quer nem saber (não é a maioria), alguns que sabem mais que você e isso é ótimo, pois você já começa a discussão em um nível 300 ou 400 algumas vezes 500 (ai temos que nos unir e sair do outro lado), nesses casos eu aciono a Liga do Conhecimento (risos).

Em linhas gerais e que mais vejo é a falta de orientação de como entender e principalmente em COMO FAZER as pessoas participarem desse universo de Cloud Computing, e ai é onde entramos como consultores.

9 – Você é um entusiasta de games? Se sim, costuma jogar em quais plataformas?

Digo que os games tiveram GRANDE influência nessa jornada de em tecnologia.

Tive alguns consoles (ATARI, Nintendinho, Master System, Mega Drive, PlayStation I, II e III, Nintendo WII), hoje tenho XBOX 360 (pre FALCOM o de cor branca), um XBOX 360 slin e um XBOX ONE edição de colecionador HALO, tenho alguns controles de edição limitadas.

Não sou muito bom em jogos de lutas ou de futebol (esse último nem sem para onde vai), curto muito jogos de RPG (Diablo 1, expansão HELFIRE, Diablo II e III e todas as expansões), Breath of Fire IV, Phantasy Star (toda as séries) e HALO (aqui é só chamar que vamos detonar) 😀

Hoje jogo muitos jogos que não pude jogar e outros que nem conhecia, isso graças ao Raspberry PI 3 e a comunidade com seus emuladores.

Vinicius2

Além de vídeo game, gosto muito de GIBI e tenho um canal no YouTube chamado Achados e Perdidos HQs e esse foi um dos meus primeiros projetos de gravação de vídeos, edição em “larga” escala.

Sou colecionador de GIBIS principalmente da Disney e meu personagem principal é o Tio Patinhas (recomendo a leitura e vocês irão conhecer um personagem além da avareza pelo dinheiro, são histórias incríveis e aventuras muito melhor que alguns filmes de hoje em dia) e a série Duck Tales que fico muito feliz em poder ver a nova série com minha filha, – mesmo que ela não ententa bem a história, mas fica chamando os PATOS (risos).

10 – Por fim, divulgue seus canais de comunicação na internet e como os leitores podem entrar em contato com você (Blog, Twitter, Linkedin, Facebook, site…)

Falo quem quer me achar não é muito difícil, basta colocar em qualquer buscador (de preferência o BING Kakakaka… BRINCADEIRA), meu nome Vinicius Perrott – lembrando que é com dois T :D, mas para ajudar segue.

Linkedin – https://www.linkedin.com/in/vinicius-perrott-32541b15/

Blog pessoal (um rascunho do que eu penso) – http://viniciusperrott.wordpress.com/

Game TAG XBOX – VPERROTT

Blog – http://www.papo.cloud/

e-mails – viniciusperrott@hotmail.com | contato@papo.cloud

E-mail para assuntos de ONG – vinicius.perrott@mtac.org.br

 

 

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d blogueiros gostam disto: